Reinaldo (ex-Paulista) era a imagem da tristeza do São Paulo após a derrota no clássico para o Corinthians, neste domingo, na Neo Química Arena, na capital paulista. Cabisbaixo e abatido pelo fim da invencibilidade de 17 jogos sem derrotas no Campeonato Brasileiro, o lateral-esquerdo "culpou" o mau desempenho nos 45 minutos iniciais como decisivos para o revés por 1 a 0.

"A gente entrou abaixo no primeiro tempo, entramos diferente do que é a nossa equipe", reconheceu. "O (técnico Fernando) Diniz cobrou isso no intervalo. Tentamos melhorar, mas infelizmente não conseguimos o resultado", lamentou.

O São Paulo perdeu parte da gordura acumulada na liderança, mas ainda tem vantagem tranquila de quatro pontos. Ganhar do Atlético-MG, nesta quarta-feira, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pode recolocar a vantagem em sete.

"Infelizmente não ganhamos, mas estamos na frente. Agora é manter a tranquilidade, tem jogo importante na quarta, confronto direto. É manter a calma dentro da nossa casa para podermos sair com o resultado positivo", afirmou Reinaldo.


Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação