Morreu nesta quarta-feira, vítima da covid-19, o técnico Renê Weber, com passagens por clubes de Série B e C do Brasileirão e seleção brasileira sub-20. Ele tinha 59 anos e estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital São Lucas, na zona sul do Rio de Janeiro.  Seu último trabalho foi este ano atuando na comissão técnica do Botafogo sob comando de Paulo Autuori, onde exercia o cargo de auxiliar. Foi no Fogão, com Autuori, em 1995, foi campeão brasileiro, como auxiliar-técnico também.

Em 1997, participou da conquista da Libertadores pelo Cruzeiro como auxiliar de Paulo Autuori, profissional que tinha confiança no seu conhecimento sob futebol.


Carreira como atleta e treinador

Rene Weber como jogador, atuava no meio-campo e chegou a atuar na seleção brasileira por três vezes no ano de 1986. Atuou por Inter (1983), Fluminense (1984-1992) e América do Rio (1993).

Foi no Ameriquinha que começou a trabalhar como técnico em 2002. Treinou a seleção brasileira sub-20 entre 2004 e 2005. Depois passou por clubes como Criciúma, Vila Nova, Caxias e Figuierense como treinador e foi auxiliar-técnico no São Paulo, Vasco, Atlético Mineiro e Botafogo.


Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação