Zagueiro jundiaiense tem venda impedida pela segunda vez no Santos - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Zagueiro jundiaiense tem venda impedida pela segunda vez no Santos
PUBLICIDADE

4 de dezembro de 2020 -

Por Thiago Batista

Zagueiro jundiaiense tem venda impedida pela segunda vez no Santos

Compartilhe:

O zagueiro jundiaiense Lucas Veríssimo viu mais uma vez a oportunidade de ser negociado com o futebol europeu ser travada. Em reunião do Conselho Deliberativo realizada nesta quinta-feira (3), o Conselho Fiscal apresentou desfavoravelmente o parecer referente a proposta do Benfica pelo defensor.

Foi a segunda vez que o Conselho Discal apresenta contrariedade ao negócio, o que já havia acontecido na conferência realizada no dia 17 de novembro. Com isso, a pauta nem foi levada à votação pelo Conselho Deliberativo, por questões estatutárias.

O clube português previu a compra dos direitos de Veríssimo por 6,5 milhões de euros (R$ 40,6) em cinco parcelas (uma por ano), a partir de 2022, com o zagueiro se apresentando aos Encarnados em janeiro e atuando em 2021 por empréstimo. O Peixe, por sua vez, conseguiria a antecipação da quantia através de uma instituição financeira belga, que ficaria com 1,4 milhões de euros, foram 15% que seria repassado para o jogador e mais 10% como comissão ao empresário. Por fim, o Alvinegro ficaria com cerca de 3,5 milhões de euros (R$ 21,8), mas a operação foi vetada pelos conselheiros fiscais.

Por sua vez, a proposta de 6,5 milhões de dólares (R$ 33,4 mi) do Al-Nassr (SAU), que seria paga em duas parcelas - 3,5 milhões de dólares (R$ 18 mi) no ato da compra mais 3 milhões de dólares (R$ 15,4) na apresentação do jogador, em janeiro. No entanto, Lucas Veríssimo não possui interesse em ser negociado com o futebol árabe e já teria, inclusive, recusado a proposta dos sauditas. Ainda assim, a proposta foi votada e aprovado pelos conselheiros, por 90 votos contra 60 contrários.


Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação