A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) confirmou nesta semana que a final da Copa Libertadores 2020 será disputada em 30 de janeiro de 2021, no Maracanã, só que sem presença de público. E também informou o horário do jogo: será às 17h de Brasília.

Na última edição realizada em Lima - quando o campeão foi definido pela primeira vez através de um único jogo - houve cerca de 700 jornalistas acreditados dos meios de comunicação de 28 países. A partida foi transmitida para 186 países de todo o mundo.

A Libertadores volta a ter força no mercado mexicano, onde, após um período de interrupção, as transmissões serão retomadas a partir das semifinais e da final desta edição. Além disso, o jogo decisivo da Libertadores poderá ser assistido em voos comerciais no mundo todo.

Devido à pandemia de covid-19, que segue atingindo o Brasil com força, a partida será disputada com portões fechados - ou seja, sem a presença de torcedores.

“A atual situação de pandemia covid-19, ainda em expansão na América do Sul, não permite a realização de um evento desta magnitude e importância com presença de público, ainda que seja com capacidade reduzida”, informou a entidade em comunicado.

A mesma situação ocorrerá na final da Copa Sul-Americana 2020, que não terá torcedores no jogo de 23 de janeiro, em Córdoba (Argentina).


Por Thiago Batista de Olim