Há vinte anos, Vagner Mancini era capitão incontestável do Paulista (na época chamado Ettti Jundiaí). Mesmo “veterano” na oportunidade, parecia com fôlego de menino jogando no meio-campo do Tricolor. Era escalado como um volante (técnico Giba dizia isso em entrevistas), só que com liberdade para pisar na área. E era o cobrador oficial de pênaltis – e sempre batia com maestria. 2001 foi a melhor temporada de Vagner Mancini como jogador, tendo uma temporada goleadora.

Ele marcou 12 gols em toda temporada 2001, terminando na artilharia do clube por exemplo na frente de Nenê, que ainda joga futebol – atualmente no Fluminense.

Na temporada 2001, Mancini começou com 34 anos, mas em 24 de outubro completou 35 anos. E como dizia Adilson Freddo nas transmissões do Time Forte do Esporte, na época na Rádio Cidade AM, Mancini era igual vinho, quando mais velho ficava melhor.

Na Série A2 do Paulistão de 2001, Mancini balançou as redes por seis vezes, sendo dois gols na vitória contra o América de Rio Preto, no Jayme Cintra. Nos cinco jogos que Mancini marcou, o Galo saiu de campo com a vitória.

No segundo semestre daquele ano, na Série C do Brasileirão, o agora técnico do Corinthians marcou mais seis gols pelo Tricolor, sendo o vice-artilheiro do time na competição.  Marcou dois gols do então Etti Jundiaí na vitória sobre o Madureira por 2 a 1, no Rio de Janeiro. Nos outros cinco jogos que marcou, o Galo venceu quatro jogos e empatou um.

Mancini foi o terceiro goleador do Paulista na temporada 2001, ficando atrás apenas de Marcinho (atualmente trabalhando no Bragantino) com 13 gols (10 na A2 e 3 na Série C) e Jean Carlos (atacante natural do Rio de Janeiro) com 25 gols (7 gols na A2 e 18 na Série C). Izaias e Nenê que terminaram no top-5 da artilharia do ano marcaram 11 gols.


Artilharia do Paulista (então Etti Jundiaí) na temporada 2001

  • Jean Carlos (A) - 25 gols
  • Marcinho (M) - 13 gols
  • Vagner Mancini (M) - 12 gols
  • Izaías (A) - 11 gols
  • Nenê (A) - 11 gols
  • Zinho (A) - 8 gols
  • Anderson Batatais (Z) - 4 gols
  • Sorato (A) - 4 gols
  • Ricardinho (M) - 4 gols
  • Dedimar (L) - 2 gols
  • Luís Carlos Goiano (M) - 2 gols
  • Cláudio (Z) - 2 gols
  • Léo (M) - 1 gols
  • Calil (M) - 1 gols
  • Thiago Martinelli (Z) - 1 gols
  • Maurinho (L) - 1 gols
  • Fábio Gomes (M) - 1 gols
  • Marlon (M) - 1 gols
  • Sandro Sotilli (A) - 1 gols
  • Índio (Z) - 1 gols
  • Fantick (A) - 1 gols

Observação: 3 gols anotados para o Paulista foram contra

Fonte: Ivan Gottardo


Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação