Estado de SP se fosse um país seria o 3º maior ganhador da Libertadores - Esporte Jundiaí

Propagandas

Estado de SP se fosse um país seria o 3º maior ganhador da Libertadores

Independente do vencedor da decisão da Copa Libertadores da América, o estado de São Paulo pode sorrir. Pois pela 9ª vez, uma equipe do estado conquista o principal torneio sul-americano. A final da edição de 2020 no próximo dia 30 de janeiro reunirá duas equipes do estado bandeirante: Palmeiras e Santos. Com isso, o estado de São Paulo amplia a sua liderança entre os estados com mais conquistadas no Brasil.

O segundo estado com mais títulos da Libertadores é o Rio Grande do Sul com 5 – 3 do Grêmio e 2 do Inter. São Paulo tem oito – Santos e São Paulo com 3 cada um, Palmeiras e Corinthians com um cada um. No dia 30, o estado somará 9 conquistadas, já que ou o Peixe será vencedor pela 4ª vez do torneio ou o Verdão leva a competição pela 2ª vez.

Se o estado de São Paulo fosse um país seria o 3º colocado no ranking de conquistas. A Argentina lidera com 25 conquistas. O Brasil, incluindo São Paulo, terá agora 20 conquistas – já incluindo o título de 2020. Tirando os títulos de SP, o Brasil teria “apenas” 11. O terceiro colocado é o Uruguai com 8 títulos. Colômbia e Paraguai tem 3 cada. Chile e Equador levaram o torneio uma vez.


Conquistadas brasileiras da Copa Libertadores por estado (já incluindo o “título paulista” na edição de 2020)

Estado de São Paulo – 9 títulos

Estado do Rio Grande do Sul – 5 títulos

Estado do Rio de Janeiro – 3 títulos

Estado de Minas Gerais – 3 títulos


Ranking de conquistas por país (já incluindo o “título brasileiro” na edição de 2020)

Argentina – 25 títulos

Brasil – 20 títulos

Uruguai – 8 títulos

Colômbia – 3 títulos

Paraguai – 3 títulos

Chile – 1 título

Equador – 1 título


Ranking de conquistas por país, dividindo SP como um país só e os outros estados como “Brasil” (já incluindo o “título Paulista” na edição de 2020)

Argentina – 25 títulos

Brasil sem o estado de São Paulo – 11 títulos

Estado de São Paulo – 9 títulos

Uruguai – 8 títulos

Colômbia – 3 títulos

Paraguai – 3 títulos

Chile – 1 título

Equador – 1 título


Por Thiago Batista de Olim

Postar um comentário

0 Comentários