Federação Paulista começa 2021 interditando 13 estádios no estado

Foto: Thiago Batista de Olim

Nesta sexta-feira, a Federação Paulista de Futebol divulgou oito portarias, todas sobre o mesmo tema: interdição de um estádio. Foram 13 locais de jogos que foram interditados pela entidade e que não podem receber jogos das competições promovidas pela FPF.

Na lista de interditados na sexta-feira estão dois estádios que receberão jogos da próxima Série A1 do Paulistão. 

Ainda aparecem quatro campos que receberão jogos da A2 como interditados e sete estádios da A3. 

Estão interditados os seguintes locais:

  • Major Levy Sobrinho, em Limeira (casa da Inter de Limeira) – falta do laudo de segurança – Série A1
  • Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (casa do São Caetano) – falta do laudo de segurança – Série A1
  • Otacília Patricio Arroyo, em Monte Azul Paulista (casa do Monte Azul) – falta do laudo de segurança – Série A2
  • Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro (casa do Rio Claro) – falta do laudo de segurança – Série A2
  • Frederico Dalmaso, em Sertãozinho (casa do Sertãozinho) – falta do laudo de segurança – Série A2
  • Joaquim de Morais Filho, em Taubaté (casa do Taubaté) – falta do laudo de segurança – Série A2
  • Nicolau Alayon, em São Paulo (casa do Nacional) – falta do laudo de engenharia – Série A3
  • Ítalo Mario Limongi, em Indaiatuba (casa do Primavera) – falta do laudo de engenharia – Série A3
  • Alfredo de Castilho, em Bauru (casa do Noroeste) – falta dos laudos de engenharia e segurança – Série A3
  • Tenente Carriço, em Penápolis (casa da Penapolense) – faltas dos laudos de engenharia e segurança – Série A3
  • Pedro Marin Babel, em Birigui (casa do Bandeirante) – falta do laudo de segurança – Série A3
  • Maria Tereza Breda, em Olímpia (casa do Olímpia) – falta do laudo de segurança – Série A3
  • Gilberto Siqueira Lopes, em Lins (casa do Linense) – falta do laudo de segurança – Série A3

Ainda em 2020, outros dois locais que irão receber jogos da atual Série A3 estão interditados: estádio Fortaleza (casa do Barretos) está impedido de ter jogos desde 13 de outubro, devido a não renovação dos laudos de segurança, de prevenção e combate de incêndio e engenharia e o estádio Osvaldo Scatena (casa do Batatais) que foi interditado em 1º de setembro devido a não renovação do laudo de prevenção e combate de incêndio.

Segundo o regulamento geral das competições, caso um estádio não possa ser utilizado durante a competição (Séries A1, A2 e ou A3 do Paulistão), o clube mandante deverá indicar formalmente ao departamento de competições, com dez dias corridos de antecedência ao seu jogo um novo estádio para receber suas partidas enquanto não cessada a causa da interdição. Caso contrário será derrotado por w.o. (vitória por 3 a 0 para o time visitante na tabela).


Capivariano fora de Capivari?

Uma curiosidade na lista de estádios da A3 para 2021 no site da FPF é que não aparece a cidade de Capivari, onde era a sede do Capivariano. Aparece listado o estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães, que já foi a casa do Capivariano para jogos da “Terceirona’ no ano passado.

O estádio do Capivariano, a Arena Capivari, continua em reforma, já que foi interditado no fim de dezembro de 2019 pelo Ministério Público, pois segundo um laudo da perícia, assinado por engenheiros, o estádio apresentava risco à segurança dos torcedores, uma vez que a vistoria constatou a possibilidade de desabamento das arquibancadas.


Outros estádios interditados

Outros dois estádios, que devem receber jogos da Série B1 do Paulistão, a 4ª divisão estadual estão interditados desde 2020 pela FPF. Um é o estádio Francisco Vieira, em Itapira (casa do Itapirense), que foi interditado em 8 de dezembro devido ao vencimento do laudo de prevenção e combate de incêndio em 31 de outubro do ano passado.

O outro local interditado é o estádio Jayme Cintra, em Jundiaí (casa do Paulista), que está interditado desde 13 de outubro do ano passado pela FPF, que alega em seu site a falta de renovação dos laudos de AVCB (venceu em 19 de dezembro), condições sanitárias de higiene (venceu em 18 de dezembro), de prevenção e combate de incêndio (venceu em 18 de dezembro) e o laudo de segurança (venceu em 13 de novembro).

Federação Paulista começa 2021 interditando 13 estádios no estado Federação Paulista começa 2021 interditando 13 estádios no estado Reviewed by Thiago Batista de Olim on 12:30 Rating: 5