Fifa abre guerra contra Superliga com gigantes da Europa - Esporte Jundiaí

Propagandas

Fifa abre guerra contra Superliga com gigantes da Europa

A Fifa divulgou um comunicado nesta quinta-feira (21) em relação ao Mundial de Clubes mais extensivo na quantidade de participantes. A entidade defendeu a competição e abriu guerra contra os clubes que planejam a criação de uma Superliga independente.

Aliada com as seis confederações (AFC, CAF, Concacaf, Conmebol, OFC e Uefa), a Fifa vai além de não reconhecer a competição como oficial. De acordo com a entidade máxima do futebol, qualquer clube ou jogador que atuarem na Superliga estarão, automaticamente, impedidos de uma participação em qualquer competição chancelada pela Fifa e federações.

A Superliga é um a competição que os principais times da Europa estão organizando. O torneio contaria com as melhores equipes de Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália e teria entre 16 e 18 participantes, com todos enfrentando todos em ida e volta. Posteriormente, haveria um playoff em sede única para decidir o campeão.

O presidente do Real Madrid, Florentino Perez, é um dos que encabeçam a lista de favoráveis à Superliga da Europa. Na Alemanha, o Bayern admitiu recentemente que não iria participar.

Postar um comentário

0 Comentários