Há exatos 24 anos (sim foi em 26/1/1997), Paulista era campeão

Foto: Fanático pelo Paulista

Exatamente no dia 26 de janeiro de 1997 (e não no 25 de janeiro como ocorre tradicionalmente), o Paulista, sobre a alcunha de Lousano Paulista conquistava um título de expressão: a Copa São Paulo de futebol júnior.

Na decisão, que ocorreu no final da tarde de um domingo na chuvosa cidade de São Paulo, o Galo foi campeão nos pênaltis ao vencer por 4 a 3 o Corinthians no lotado Canindé de torcedores da equipe alvinegra, após o jogo terminar empatado por 1 a 1 em 120 minutos (na época havia disputa da prorrogação).


Sucesso no futebol profissional do Etti e Paulista

Dois jogadores do elenco campeão da Copa São Paulo de 1997 fizeram sucesso anos depois no elenco do time profissional do Galo, quando o clube se chamava Etti Jundiaí e depois voltou a se chamar Paulista.

Fábio Vidal participou de três conquistas no Galo: Série A2 do Paulistão e Série C do Brasileirão, ambas em 2001, quando o clube chamava Etti Jundiaí e quatro anos depois foi campeão da Copa do Brasil pelo Paulista, sendo uma espécie de 12º jogador do elenco de Vagner Mancini.

O outro é Umberto Louzer. Atual treinador da Chapecoense, o então zagueiro, que também jogou muito como meio-campista de marcação, no Galo foi campeão da Série A2 do Paulistão pelo Etti Jundiaí e esteve no time que foi vice-campeão estadual em 2004, quando já chamava Paulista. Como treinador, ganhou a Copa Ouro de futebol pelo sub-19 do Paulista em 2015.


A campanha

Uma campanha que começou mal, que nem parecia que iria terminar com um roteiro feliz para os jundiaienses. Mesmo com sede em casa, sua campanha começa mal, perdendo do Atlético Paranaense por 3 a 0. Mas a sorte dos jundiaienses viria a mudar ainda na primeira fase: venceu o Juventus da Mooca por 2 a 1 e goleou o Criciúma por 4 a 1.

Nos playoffs, o time, comandado pelo técnico Giba (falecido em 2014) começou a engrenar de verdade. Nas oitavas de final voltou a encontrar o time curitibano, vencendo desta vez: 3 a 2.

Nas outras três fases do “mata-mata”, o Galo encara três times grandes de São Paulo, vencendo todas as séries: 3 a 2 no São Paulo nas quartas de final, 2 a 1 no Santos na final e a vitória nos pênaltis sobre o Corinthians na grande decisão.


A decisão

Sobre o encharcado e até certo ponto enlameado gramado do Canindé, Corinthians e Lousano Paulista decidiram a Copinha em 26 de janeiro de 1997. O jogo foi muito aguerrido nos seus 90 minutos iniciais. Por isso 0 a 0 dominou. Foram necessários mais 30 minutos extras.

Na prorrogação, logo com um minuto o Corinthians abriu o placar com gol de Washington, de cabeça; nove minutos depois o empate vem com golaço de Neno, em belo chute de fora da área. Nos pênaltis a vitória veio com placar de 4 a 3. Raniery fez o gol que garantiu a taça. Cristiano na disputa de penalidades pegou duas cobranças.


O elenco campeão

  • Cristiano – goleiro (19 anos)
  • Marcelo Baiano – lateral (19 anos)
  • Erasmo – zagueiro (20 anos)
  • Umberto Louzer – zagueiro (17 anos)
  • Fred – lateral (20 anos)
  • Souza – meio-campista (20 anos)
  • Doriva – meio-campista (20 anos)
  • Netinho – lateral (20 anos)
  • Claudinho – meio-campista (20 anos)
  • Rodrigo – atacante (20 anos)
  • Edilson – atacante (20 anos)
  • Pipoca – lateral (18 anos)
  • Marcos Paulo – atacante (17 anos)
  • Adelque – atacante (20 anos)
  • Camilo – volante (18 anos)
  • Jeff – zagueiro (18 anos)
  • Bruno – zagueiro (20 anos)
  • Gaúcho – meio-campista (20 anos)
  • Luciano Pereira – meio-campista (19 anos)
  • Neno – atacante (18 anos)
  • Raniery – meio-campista (20 anos)
  • Fábio Vidal (conhecido na época como Ferrugem) – lateral (18 anos)
  • Cláudio – goleiro (18 anos)
  • PC – atacante (20 anos)
  • Giba – treinador (34 anos)

Há exatos 24 anos (sim foi em 26/1/1997), Paulista era campeão Há exatos 24 anos (sim foi em 26/1/1997), Paulista era campeão Reviewed by Thiago Batista de Olim on 16:00 Rating: 5