Paulista é o 3º time menos apostado na Timemania em 2020 - Esporte Jundiaí

Propagandas

Paulista é o 3º time menos apostado na Timemania em 2020

A Timemania, loteria que veio para ajudar os clubes de futebol a pagarem as suas dívidas, tem 80 clubes presentes no bilhete de apostas. Entre eles está o Paulista. Só que a torcida jundiaiense não aposta em massa no Tricolor. No acumulado do ano passado, apenas 480.268 pessoas apostaram no Tricolor, o que representam 0,54% do total de apostas. O Paulista foi o terceiro menos apostado, ficando a frente de Villa Nova de Nova Lima (MG) com 480.265 (diferença de 3 apostas) e União Barbarense de Santa Barbará D’ Oeste com 447.763 (diferença de 32.505). Os dados são da Loterias Caixa em seu site oficial.

O licenciado União São João foi mais apostado  que o Galo de Jundiaí na Timemania em 2020. O clube de Araras é o quinto menos apostado com 518.795. A diferença foi de 38.527.

A Timemania existe desde 2008, e seu primeiro concurso ocorreu em 1º de março de 2008. Até o momento foram realizados 1.583 concursos na história.

Os mais apostados em 2020 foram os times grandes do Brasil. O Flamengo teve 5.174.033 apostas no clube, o que representa 5,83%, o que mostra que o rubro-negro tem a maior torcida do Brasil. Como as pesquisas de torcida indicam, o Corinthians foi também o segundo mais apostado na Timemania com 3.572.882. O Santos tem uma torcida fiel, e foi o terceiro mais apostado com 2.944.879, pouco acima do Palmeiras, o quarto com 2.832.104. O São Paulo fecha o G-5 com 2.661.789.



Último concurso

A curiosidade fica sobre o último concurso de 2020, o 1.583. O time mais apostado não foi nenhum do Sul-Sudeste. Foi o Treze de Campina Grande. A equipe da Paraíba teve 26.741 apostas, ficando acima do Flamengo, segundo mais apostado com 24.845. O G-5 teve Corinthians (17.708), Santos (15.487) e Vila Nova de Goiás. (15.467).

O Paulista foi o segundo menos apostado no concurso 1.583, com apenas 2.240 indicações, ficando a frente apenas do União Barbarense com 2.110.

O último concurso de 2020 movimentou 475.860 apostas. No acumulado de 2020 foram realizadas 88.816.417 de apostas na Timemania.



Paulista foi sorteado em dezembro passado

A escolha de um time por parte do apostador faz parte do bilhete e dos prêmios. Quando escolhe o Time de Coração, ele pode ser premiado se este time for sorteado. Na história do concurso, o Paulista foi sorteado já 19 vezes. A primeira vez foi logo no 11º concurso. A última vez foi recente: no mês de dezembro, no concurso 1.570 realizado em 1º de dezembro.

Entre 24 de dezembro e 31 de dezembro, ocorreram quatro concursos e os “Time do Coração” sorteados foram Cruzeiro, Atlético Mineiro, Vitória de Salvador e Juventude de Caxias do Sul.


A Timemania

A Timemania funciona de maneira similar a Lotomania, porém, em vez de escolher 50 números para acertar 20, escolhe-se 10 para acertar 7. Além disto, existe um sorteio separado onde é sorteado um time. Os concursos ocorrem as terças, quintas e sábados.

No total, 80 clubes participam da Timemania. Entraram os 20 clubes que pertenciam a Série A de 2007, os 20 clubes que pertenciam a Série B de 2007 e as vagas restantes foram para os clubes com maior número de títulos do Campeonato Brasileiro (Série A, B ou C), de Campeonatos Estaduais, Taça Brasil ou Copa do Brasil. Na oportunidade o Paulista estava na ‘Segundona’ do Brasileirão.

A Timemania foi criada em 2007, e o 1º concurso ocorreu em 1º de março de 2008, para ajudar os clubes participantes a pagarem as suas dívidas com o governo brasileiro. Do total arrecadado, os clubes recebem 22% que são destinados ao pagamento de dívidas com o INSS, FGTS, Receita Federal e outros impostos devidos à União. Para aderir à loteria na epóca, os clubes têm que desistir de contestar as dívidas em discussão na Justiça.


Próximo concurso

O próximo concurso da Timemania será nesta terça-feira, 5 de janeiro. O valor para quem acertar as sete dezenas está acumulado em R$ 4.067.306,34 e a estimativa de prêmio é de R$ 4.300.000,00.

O prêmio bruto corresponde a 46% da arrecadação. Dessa porcentagem, é deduzido o pagamento dos prêmios com valores fixos, sendo R$ 7,50 para as apostas com o Time do Coração sorteado; R$ 3,00 para as apostas com 3 números sorteados; e R$ 9,00 para as apostas com 4 números sorteados. 

Somente após a apuração dos ganhadores dos prêmios com valores fixos, o valor restante do total destinado à premiação será distribuído para as demais faixas de prêmios com os seguintes percentuais: 50% para os acertadores dos sete números; 20% entre os acertadores dos seis números; 20% para os acertadores de cinco números e os 10% restantes são acumulados e distribuídos aos acertadores dos 7 números nos concursos de final 0 ou 5. Para o próximo concurso de final 0 ou 5 (1.585) já tem reservados R$ 140.622,24.

No último concurso, uma aposta acertou as seis dezenas, e pela sena levou R$ 79.180,97. Quem acertou 5 dezenas foi de R$ 1.688,29. A quadra tem prêmio fixo de R$ 9,00. O terno (3 dezenas) paga fixamente R$ 3,00. Quem acerta o Time do Coração leva o prêmio fixo de R$ 7,50.

A aposta mínima com sete dezenas e um Time do Coração é de R$ 3,00 e os concursos ocorrem sempre as terças, quintas e sábados.


Pedido de atualização no cadastro de clubes

Em 2017, clubes brasileiros de futebol das séries A, B e C cobraram na Câmara dos Deputados a atualização dos critérios para definição de quais equipes recebem recursos da Timemania.

Na época, o diretor jurídico da Chapecoense (SC), Luis Sérgio Grochot, defendeu a necessidade de se atualizar o cadastro, já que o time não consta atualmente na lista de times que podem ser apostados na Timemania. “Temos, sim, interesse em participar da Timemania, porque nos interessa a arrecadação que poderia ser de até R$ 70 mil. Muito ajudaria o clube”, disse.

O diretor de futebol do Boa Esporte de Varginha (MG), Roberto da Costa, declarou na época que os pequenos clubes eram prejudicados com a falta de atualização dos critérios. “Nosso clube, que disputa hoje a Série B (em 2017), estava nascendo em 2007. A gente tem de debater o assunto mesmo”, disse naquele período. Atualmente, o Boa foi rebaixado da Série C para Série D do Brasileirão em 2021.

O presidente do Conselho Administrativo da Associação Desportiva Confiança (SE), Glennyson Cruz, a atualização na Timemania faz com que o futebol seja respeitado. “Precisamos fazer justiça e respeitar a meritocracia nos esportes”, solicitou. O Confiança disputa hoje a Série C e não está entre os beneficiários da loteria.

O deputado Fábio Mitidieri (PSD-SE) apresentou no mesmo ano de 2017 um projeto de lei, ainda sem numeração, para que o ranking dos clubes da Timemania seja atualizado a cada cinco anos a partir da classificação feita pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Ele reconheceu, porém, que o melhor caminho é a alteração por decreto. Mas até agora nada saiu do papel.


Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários