Região de Jundiaí (e Campinas) continua na fase amarela do Plano SP

O Governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira que oito regiões do estado vão regredir de fase no Plano São Paulo.  As regiões de Jundiaí e de Campinas, que pertencem a mesma Diretoria Regional de Saúde permanecem na fase amarela, a faixa 3 do plano de de flexibilização econômica no estado. Com isso o esporte tem restrições, mas menores se fosse reclassificado para fases laranja ou vermelha, como ocorreu com algumas regiões. Academias podem funcionar 10 horas em Jundiaí e região, diferente da região de Marília que devem agora estar fechadas. As novas orientações começam a valer a partir de segunda-feira (18).

As regiões de Araçatuba, Bauru, Franca, Piracicaba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Taubaté passaram para a fase laranja, enquanto Marília entrou na fase vermelha, a mais restritiva do plano, na qual apenas atividades essenciais podem funcionar.

No anúncio da reclassificação, realizado durante entrevista coletiva realizada no Palácio dos Bandeirantes, Doria admitiu que a pandemia piora cada dia mais no Estado.

"É uma medida preventiva e extremamente necessária para proteger vidas. Aqui há indicação clara de que a pandemia acentuou. Temos que tomar medidas de cautela, prevenção, para proteger vidas. É importante que tenham consciência disso: a situação vem se agravando a cada semana", explicou Doria.

Inicialmente uma reclassificação do Plano São Paulo estava prevista para ocorrer em 5 de fevereiro, já que a 1ª classificação de 2021 ocorreu justamente na semana passada, no dia 8 de janeiro. A mudança na reclassificação ocorreu após o estado ter registrado piora nos indicadores da covid-19.

Para o esporte, se mantém o seguinte:

- Academias com horário reduzido de 10 para 8 horas, devendo abrir após as 6h e a academia estar fechada às 20h e com 40% de capacidade limitada. As atividades devem ter agendamento prévio e hora marcada e permissão apenas de aulas e práticas individuais, suspensas as aulas e práticas em grupo

- Liberada a pratica de modalidades individuais e sem contato físico, pois somente está liberada nas cidades que estiveram a partir da fase amarela (faixa 3) do Plano São Paulo

Segundo o site da Secretaria Estadual de Esportes, modalidades coletivas e com contato físico direto dependem de aprovação de cada Prefeitura – podendo vetar ou não atividades como basquete amador, vôlei amador, futebol amador, futsal amador e futebol society. Competições profissionais e amadoras estaduais tem protocolos específicos, que devem ser aprovados ou não pela Secretaria Estadual de Esportes.

Agora quem deseja assistir jogo de futebol, como por exemplo o futebol da noite de quarta-feira, quinta-feira, sábado ou domingo em um bar pode tirar o “cavalinho da chuva”. Mesmo na fase amarela, os bares somente podem funcionar até 20h.

Com a fase amarela, a região de Jundiaí e Campinas ocorre o seguinte:

- A capacidade máxima passa a ser limitada a 40% de ocupação para todos os setores. Antes, o percentual variava

por setor: academias podiam operar com apenas 30% da ocupação, por exemplo.

- O atendimento presencial ao público pode ser feito apenas até as 22h, em todos os setores, exceto no setor de bares, que pode funcionar até as 20h.

- O horário de funcionamento passa a ser limitado a 10 horas por dia para todos os setores. Antes, o horário variava por setor.


Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação – Governo de SP

Região de Jundiaí (e Campinas) continua na fase amarela do Plano SP Região de Jundiaí (e Campinas) continua na fase amarela do Plano SP Reviewed by Thiago Batista de Olim on 14:05 Rating: 5