Acaba suspensão imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva ao Paulista - Esporte Jundiaí

Propagandas

Acaba suspensão imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva ao Paulista

Oficialmente o Paulista está liberado para ser inscrito nas competições da Federação Paulista de Futebol e novamente entrar em campo. A punição imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) a agremiação se encerrou na última quinta-feira, 4 de fevereiro.


O clube foi julgado em 26 de novembro do ano passado por conta da suspeita da manipulação de resultados na Série A3 do Campeonato Paulista de 2020. Para o TJD, o Paulista foi considerado culpado e suspenso por 120 dais por infringir artigo 239 (deixar de praticar ato de ofício, por interesse pessoal ou para favorecer ou prejudicar outrem ou praticá-lo, para os mesmos fins, com abuso de poder ou excesso de autoridade), além de multa de R$ 25 mil por infringir artigo 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (deixar de cumprir o regulamento).


A punição terminou na quinta-feira, 4 de fevereiro, pois foi retroativa do momento da suspensão preventiva imposta pela Federação Paulista de Futebol (FPF) em 7 de outubro de 2020. Na ocasião, a agremiação foi suspensa pela FPF de forma preventiva, e impedido de se inscrever em competições estaduais.


Apesar da punição já ter sido encerrado, o Paulista quer provar a sua inocência. O departamento jurídico entrou com recurso em dezembro sobre a punição. O TJD deverá colocar o pedido em pauta ainda no mês de fevereiro. O recesso do TJD terminou em 15 de janeiro e até o momento nenhuma nova sessão de julgamentos foi marcado pelo Tribunal.


O Paulista espera que ocorra a absolvição seja pelo pleno do TJD ou até mesmo no STJD, que é a última instância da justiça desportiva.

Postar um comentário

0 Comentários