Auditor do STJD determina arquivamento de inquérito sobre o caso Gerson x Ramírez

Relator processante do inquérito que investiga denúncia de injúria racial na Série A do Brasileirão, o auditor Dr. Maurício Neves Fonseca, liberou na tarde desta quarta, dia 10 de fevereiro, o parecer de conclusão do caso. Após analisar as oitivas, vídeos e documentos juntados, o auditor determinou o arquivamento do inquérito. Neste jogo, o meio-campista Gerson declarou que o meia do Bahia, Ramírez, fez injurias raciais a ele.


O relatório conclusivo foi enviado à Procuradoria e aos clubes, Flamengo e Bahia, na tarde desta quinta, dia 11. Segundo o relator, todas as pessoas ouvidas, dentre elas o árbitro, os assistentes, o delegado da partida e o então técnico do Bahia, Mano Menezes declararam que não ouviram Ramirez dizer ao atleta Gerson a frase: “cala a boca, negro”. Além disso, as próprias testemunhas do atleta Gerson, os jogadores Bruno Henrique e Natan, em depoimento na delegacia de polícia, também declararam que não ouviram as referidas palavras. Os fatos foram negados por Ramirez, do Bahia.

 

O relatório conclusivo cita ainda que as imagens de vídeo e os laudos apresentados no inquérito desportivo também não comprovaram a prática da infração disciplinar pelo atleta Ramirez.


Dessa forma, o relator determinou o arquivamento do inquérito pela insuficiência de elementos probatórios, nos termos do artigo 82, §4º, do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva).

Auditor do STJD determina arquivamento de inquérito sobre o caso Gerson x Ramírez Auditor do STJD determina arquivamento de inquérito sobre o caso Gerson x Ramírez Reviewed by Thiago Batista de Olim on 18:05 Rating: 5