Fifa escala árbitras para apitar “emocionante” disputa de 5º lugar do Mundial de clubes

Foto: Divulgação - CBF

Para dizer que está promovendo a igualdade e tirando o machismo do futebol, a Fifa escalou para atuarem dentro de uma partida profissional de futebol masculino a árbitra Edina Alves Batista e a auxiliar Neuza Back para atuarem. O problema que elas irão participar de um jogo insignificante do Mundial de Clubes que vale quase nada a competição – se não existisse essa partida ninguém iria se importar. A disputa de quinto lugar do Mundial de Clubes.


Na única competição promovida pela Fifa que tem a disputa de quinto lugar, que “faz parar o mundo”, a entidade colocou as duas árbitras de Jundiaí para atuar. O jogo entre Al Duhail do Catar e Ulsan da Coreia do Sul será a de estreia de Edina e Neuza como árbitras dentro de campo em um jogo Fifa. Será a primeira vez que duas mulheres estarão trabalhando em jogo de futebol masculino profissional. Só que poderia ser um jogo de mais importância - como uma partida onde o vencedor se classifica para uma semifinal ou decisão, e não a desvalorizada disputa de quinto lugar, que somente vale um prêmio a mais a um dos participantes. 


Fifa agindo diferente de entidades brasileiras que escalaram a dupla em jogos importantes e quebraram tabus de verdade. CBF escalou a Edina para apitar o que foi a "decisão" da Série B do Brasileirão entre Chapecoense e América Mineiro, em Belo Horizonte, ou a FPF que escalou ambas na decisão do Troféu do Interior de São Paulo do Campeonato Paulista, entre Bragantino e Guarani - que vale ao seu campeão uma vaga na Copa do Brasil.


A dupla brasileira será acompanhada pela auxiliar Mariana de Almeida, da Argentina. O jogo vale pela disputa do quinto e sexto lugar no Mundial. Além do trio, ainda completam a equipe de arbitragem: o quarto árbitro Abdelkader Zitouni (TAH), o auxiliar reserva Humberto Panjoj (ESA) o árbitro de vídeo Nicollas Gallo (COL) e o auxiliar do árbitro de vídeo Julio Bascunan (CHI).


Além da disputa pelo quinto lugar, a FIFA anunciou que Edina Alves Batista e Neuza Back também estarão na equipe de arbitragem da semifinal entre Bayern de Munique e Al Ahly, na próxima segunda-feira (8). Só que em vez de apitar, como a Fifa poderia fazer para dar prestigio as mulheres, e não colocar em jogos de “quinto plano”, elas estarão como reservas. Assim como na partida de estreia do Mundial de Clubes, Edina atuará como quarta árbitra, enquanto Neuza será a auxiliar reserva do confronto.

Fifa escala árbitras para apitar “emocionante” disputa de 5º lugar do Mundial de clubes Fifa escala árbitras para apitar “emocionante” disputa de 5º lugar do Mundial de clubes Reviewed by Redação Esporte Jundiaí on 14:10 Rating: 5