Fifa escala árbitras para apitar “emocionante” disputa de 5º lugar do Mundial de clubes - Esporte Jundiaí

Propagandas

Fifa escala árbitras para apitar “emocionante” disputa de 5º lugar do Mundial de clubes

Foto: Divulgação - CBF

Para dizer que está promovendo a igualdade e tirando o machismo do futebol, a Fifa escalou para atuarem dentro de uma partida profissional de futebol masculino a árbitra Edina Alves Batista e a auxiliar Neuza Back para atuarem. O problema que elas irão participar de um jogo insignificante do Mundial de Clubes que vale quase nada a competição – se não existisse essa partida ninguém iria se importar. A disputa de quinto lugar do Mundial de Clubes.


Na única competição promovida pela Fifa que tem a disputa de quinto lugar, que “faz parar o mundo”, a entidade colocou as duas árbitras de Jundiaí para atuar. O jogo entre Al Duhail do Catar e Ulsan da Coreia do Sul será a de estreia de Edina e Neuza como árbitras dentro de campo em um jogo Fifa. Será a primeira vez que duas mulheres estarão trabalhando em jogo de futebol masculino profissional. Só que poderia ser um jogo de mais importância - como uma partida onde o vencedor se classifica para uma semifinal ou decisão, e não a desvalorizada disputa de quinto lugar, que somente vale um prêmio a mais a um dos participantes. 


Fifa agindo diferente de entidades brasileiras que escalaram a dupla em jogos importantes e quebraram tabus de verdade. CBF escalou a Edina para apitar o que foi a "decisão" da Série B do Brasileirão entre Chapecoense e América Mineiro, em Belo Horizonte, ou a FPF que escalou ambas na decisão do Troféu do Interior de São Paulo do Campeonato Paulista, entre Bragantino e Guarani - que vale ao seu campeão uma vaga na Copa do Brasil.


A dupla brasileira será acompanhada pela auxiliar Mariana de Almeida, da Argentina. O jogo vale pela disputa do quinto e sexto lugar no Mundial. Além do trio, ainda completam a equipe de arbitragem: o quarto árbitro Abdelkader Zitouni (TAH), o auxiliar reserva Humberto Panjoj (ESA) o árbitro de vídeo Nicollas Gallo (COL) e o auxiliar do árbitro de vídeo Julio Bascunan (CHI).


Além da disputa pelo quinto lugar, a FIFA anunciou que Edina Alves Batista e Neuza Back também estarão na equipe de arbitragem da semifinal entre Bayern de Munique e Al Ahly, na próxima segunda-feira (8). Só que em vez de apitar, como a Fifa poderia fazer para dar prestigio as mulheres, e não colocar em jogos de “quinto plano”, elas estarão como reservas. Assim como na partida de estreia do Mundial de Clubes, Edina atuará como quarta árbitra, enquanto Neuza será a auxiliar reserva do confronto.

Postar um comentário

0 Comentários