Palmeiras repete vitória de 2019 e larga na frente na decisão da Copa do Brasil - Esporte Jundiaí

Propagandas

Palmeiras repete vitória de 2019 e larga na frente na decisão da Copa do Brasil

Em 2019, o Palmeiras venceu o Grêmio fora de casa por 1 a 0, com gol em jogada de bola parada, e terminou a partida com um jogador a menos, Felipe Melo, no primeiro jogo das quartas de final da Copa Libertadores. O roteiro foi repetido neste domingo, no primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil 2020: vitória por 1 a 0, com tento anotado também em jogada de bola parada, em Porto Alegre, e o alviverde terminando com um a jogador menos, já que Luan, recebeu o cartão vermelho.


Como ganhador da primeira partida pela diferença mínima, o Palmeiras garante o título com um empate na segunda partida final - na Copa do Brasil, não há gol qualificado. O confronto decisivo está marcado para as 18 horas (de Brasília) de domingo, no Allianz Parque. Em 2019, na volta da Libertadores, o Grêmio venceu por 2 a 1 e conseguiu a vaga (na Libertadores, gol fora de casa é desempate). Ou seja, confronto está em aberto.


O jogo

O primeiro tempo foi de chances escassas até os 31 minutos do primeiro tempo, quando o Palmeiras conseguiu inaugurar o marcador. Raphael Veiga cobrou escanteio pelo lado direito e Gustavo Gomez subiu sozinho para cabecear firme. Na tentativa de defender, Paulo Victor espalmou para dentro do gol.


Com dificuldades para articular boas jogadas no campo de ataque, o Grêmio no primeiro tempo levou perigo apenas em chute da entrada da área. Alisson ajeitou para a perna esquerda e, diante da marcação de Gustavo Gomez, bateu forte. Weverton saltou para defender, mas a bola passou por cima do gol.


O Palmeiras desperdiçou uma grande chance de ampliar no final do primeiro tempo. Após belo passe de Raphael Veiga, Luiz Adriano escapou de Paulo Miranda e, livre, chutou por cima do gol. O assistente assinalou impedimento, mas o centroavante estava em posição legal.


O time alviverde manteve a superioridade e voltou a desperdiçar uma boa oportunidade no começo da etapa complementar. Em lindo jogada pela esquerda, Raphael Veiga colocou a bola entre as pernas de Paulo Miranda e cruzou. Livre, Rony tocou por cima do gol.


Aos 18 minutos do segundo tempo, com o jogo dominado pelo Palmeiras, Luan tinha o controle da bola e, inexplicavelmente, deu uma cotovelada em Diego Souza, que ficou com o rosto sangrando. Após ver seu zagueiro receber o cartão vermelho, Abel Ferreira trocou Raphael Veiga e Wesley por Gabriel Menino e Alan Empereur.


Renato Gaúcho, por sua vez, trocou Victor Ferraz e Maicon por Churin e Ferreira. Com Ferreira pela direita e dois centroavantes dentro da área, o Grêmio aumentou seu volume e investiu nos cruzamentos. Mesmo acuado na defesa, sem centroavante desde a substituição de Luiz Adriano, o Palmeiras conseguiu segurar o resultado favorável.

Postar um comentário

0 Comentários