Thiago Batista: Uma sugestão de calendário ao futebol amador de Jundiaí (2021/22)

O futebol amador de Jundiaí poderia estar elaborando, pensando, discutindo o calendário para temporada 2021 e também 2022, especialmente a partir do mês de junho, todos esperamos que tenhamos condições sanitárias para a prática do futebol, sem risco das pessoas se infectaram pela covid-19.

 

Essas sugestões que vamos colocar aqui, que podem (e devem ser debatidas) é apenas se tivemos CONDIÇÕES SANITÁRIAS PARA PRÁTICA DO FUTEBOL. Deixo isso bem claro, em letras maiúsculas, para todos entenderem. Óbvio que hoje, 20 de fevereiro, não há a menor condição de jogar bolinha nem que seja por 1 segundo. Mas eu quero ser otimista, e torcer que em junho tenha condição para a prática do futebol amador.

 

Isso posto, outro ponto é o seguinte: campeonato mesmo, que vai ser chamado de Campeonato Amador, eu acredito que teremos apenas um. Apesar de atualmente Jundiaí ter duas entidades de futebol amador (LJF e Lifaju) a cidade ainda não tem estrutura para duas entidades. Uma das duas entidades, no meu entendimento vai organizar o que vai ser chamado de Campeonato Amador.

 

Colocados todos os pontos de vista, vamos a sugestão de calendários para temporadas 2021 e 2022 do Campeonato Amador de Jundiaí para Série A. Para a Série B iremos escrever uma sugestão para ser debatida nos próximos dias, mas um esboço já estará aqui.

 

Primeiro ponto é que não haveria apenas a Série A do Campeonato Amador de Jundiaí: também haveria a Copa da Liga, organizada pela própria Liga; e ainda haveria a Copa Jundiaí de futebol – nos moldes de Copa do Brasil, está competição que pode ser uma parceria entre várias entidades e prefeitura.

 

A ideia é que Jundiaí possa ter ao longo do ano quatro campeões oficiais de futebol amador de elite: Campeão principal da Série A, Série Prata da Série A, Copa da Liga e Copa Jundiaí. Haveria destaque para todos.

 

A Copa da Liga a partir de 2022 sempre teria uma disputa depois de um conjunto de quatro domingos da 2ª fase. A Copa Jundiaí seria disputada sempre nos feriados, para movimentar o futebol da cidade em um dia ‘vazio’ de eventos – os feriados aqui em Jundiaí têm ‘caras’ de domingo. A Série Prata além de definir os rebaixados na elite, teria a disputa de um título, um fator extra de motivação para os atletas, que teriam destaque na mídia se conquista a Série Prata.


E a Série A do Amador de Jundiaí pode ter um número até elevado de clubes, mas com uma primeira fase curta, onde faz a ‘peneira’ para que apenas os 16 melhores continuem na briga pelo título. E todos os formatos propostos tem como objetivo inibir o w.o., mas oferecem, especialmente na Série A do Amador, boas vantagens técnicas aos melhores times.


Vamos as sugestões:

Campeonato Amador de Jundiaí - Série A (a partir de 2022)

Participantes: 24 equipes

- Sempre os 20 melhores da Série A do ano anterior + 4 melhores da Série B do ano anterior


1ª fase de classificação: 4 grupos de 6 clubes cada - jogos dentro da chave em 1 turno

- Classificam-se a 2ª fase os 4 melhores de cada grupo

- Os 2 melhores de cada grupo se classificam para a Copa da Liga


2ª fase: 1 grupo de 16 clubes - jogos dentro da chave em 1 turno

Classificam-se diretamente as quartas de final os 4 melhores

Classificam-se para as oitavas de final os times que ficarem entre 5º e 12º lugar


Fase de playoffs: Sempre jogo único

Oitavas de final - Quartas de final - Semifinal – Final

Melhor campanha na 2ª fase terá a vantagem de jogar pelo empate para ser o ganhador do confronto


Série Prata - 2ª fase: 1 grupo de 8 clubes - jogos dentro da chave em 1 turno

- Os 4 melhores se classificam as semifinais

- Os 4 piores são rebaixados a Série B do Amador de Jundiaí


Série Prata - Fase de playoffs - Sempre jogo único

Semifinal – Final

Melhor campanha na 2ª fase terá a vantagem de jogar pelo empate para ser o ganhador do confronto


Copa da Liga (a partir de 2021)

Participantes: 8 equipes

- 8 clubes classificados da 1ª fase do Amador de Jundiaí (os dois melhores de cada grupo da 1ª fase)


Fase eliminatória desde o início: Confronto sempre em jogo único

Quartas de final - Semifinal e Final

Empate: Decisão do vencedor do confronto nos pênaltis

 

* Em 2021 a Copa da Liga seria disputada em feriados, em 2022 em três domingos ao longo do ano


Copa Jundiaí de futebol (a partir de 2022)

- Competição a ser organizada pela Liga, Amax Eventos Esportivos e Prefeitura de Jundiaí. Pode as três entidades organizando de forma conjunta, ou sistema de revezamento, cada entidade cuidando do torneio a cada um ano. Essa competição seria uma forma de unir o futebol amador de Jundiaí, que a cada dia está mais se separando, com uns se isolando dos outros, do que se unindo.


Participantes: 32 equipes

- As 16 equipes da 2ª fase da Série A do Amador do ano anterior (16 times)

- Campeão e vice da Série Prata da Série A do Amador do ano anterior (2 times)

- 6 melhores da Série B do Amador do ano anterior (6 times)

- Semifinalistas do Campeonato Regional da Prefeitura de Jundiaí do ano anterior (4 times)

- Semifinalistas da Copa Aramis Polli da Amax Eventos Esportivos do ano anterior (4 times)


- Jogos sempre nos feriados, com exceção se possível da final


Sempre disputa eliminatória

16ªs de final - Oitavas de final - Quartas de final - Semifinal – Final

Empate: Decisão do vencedor do confronto nos pênaltis


Supercopa de Jundiaí

A partir de 2022, Jundiaí poderia ter uma Supercopa para chamar de sua, e a nossa sugestão é que ocorra em um único dia, como um evento de festa para abrir o calendário do futebol amador. 4 clubes participam e seria da seguinte maneira:

- Campeão da Série A do Amador de Jundiaí no ano anterior

- Campeão da Copa da Liga do ano anterior

- Campeão da Série Prata da Série A do Amador de Jundiaí no ano anterior.

- Campeão da Série B do Amador de Jundiaí no ano anterior. A partir da edição de 2023 pode ser substituído pelo campeão da Copa Jundiaí de futebol.


Seriam jogos de tempo único de 30 minutos para a competição durar tudo no mesmo dia, se possível na mesma manhã. Definições dos jogos por sorteio, uma semana antes. Empate nos jogos a decisão do vencedor do confronto será nos pênaltis

  • 9h - Semifinal 1 (1 tempo de 30 minutos)
  • 9h45 - Semifinal 2 (1 tempo de 30 minutos)
  • 10h30 - Decisão de 3º lugar (1 tempo de 30 minutos)
  • 11h15 - Decisão do título (1 tempo de 30 minutos)


As sugestões de datas estão logo na imagem que abre a matéria. Em 2021, até por conta da pandemia, a gente torce que em Junho, a partir do dia 13, tenhamos condições seguras para a prática do futebol. A competição se encerraria na penúltima semana de novembro, para deixar quatro domingo antes do Natal para possíveis adiamentos por conta de chuvas ou motivos de força maior.


A partir de 2022, quando finalmente deveremos estar livres da covid-19, a ideia é a Supercopa ser no 1º domingo de maio, e o início dos campeonatos ser sempre no 3º domingo de maio, deixando sempre o 2º domingo de maio sem jogos, para o Dia das Mães. O encerramento ainda seria no 2º domingo de novembro da Série A, para na semana seguinte ser a final da Copa Jundiaí e ainda ter quatro domingos livres para possíveis adiamentos por conta de chuvas ou motivos de força maior.


Em todos os torneios, caso seja possível, para motivar ainda mais os times e jogadores uma premiação em dinheiro ao campeão pode ser disponibilizada. Isso pode ser feito através de patrocínios (name-rights da competição. Copa “Nome da empresa” Jundiaí de futebol, por exemplo). Só que o mais importante sempre tem que ser a glória esportiva, sair como destaque na mídia da imprensa e entrar na história dos seus clubes.


Estamos abertos a debates e sugestões!

Thiago Batista: Uma sugestão de calendário ao futebol amador de Jundiaí (2021/22) Thiago Batista: Uma sugestão de calendário ao futebol amador de Jundiaí (2021/22) Reviewed by Thiago Batista on 12:00 Rating: 5