Após reunião, clubes e FPF ameaçam ir na Justiça para continuar o Paulistão – A1 - Esporte Jundiaí

Propagandas

Após reunião, clubes e FPF ameaçam ir na Justiça para continuar o Paulistão – A1

A Federação Paulista de Futebol se reuniu de forma virtual com clubes e representantes de sindicatos dos atletas, treinadores e árbitros para definir os próximos passos do Paulistão. E a entidade não vai parar a competição e ameaça ir na justiça para que o Estadual da Série A1 continue no estado de São Paulo, abrindo assim uma guerra entre futebol contra governantes e Ministério Público, que pediram a paralisação de jogo de qualquer prática esportiva coletiva desde a última segunda-feira até o próximo dia 30.


Estiveram na reunião representantes dos 16 clubes do Paulistão A1, os Sindicatos dos Atletas, dos Árbitros e dos Treinadores e da Federação Paulista. “Os 16 clubes participantes da competição decidiram, de forma unânime e com apoio dos Sindicados dos Atletas, dos Treinadores e dos Árbitros, manter o calendário de jogos conforme previsto”, escreveu a FPF na nota.


As medidas decididas por todos os participantes são as seguintes, segundo a FPF:

- A FPF está trabalhando em conjunto com a CBF, com outras Federações e autoridades locais para agendar as partidas em outros Estados;

-  A partir da falta de argumentos científicos e médicos que sustentem a paralisação das referidas rodadas neste momento, os clubes delegaram à FPF também a possibilidade de judicialização do caso para garantir a continuidade da competição no estado de São Paulo neste período de fase emergencial.


A FPF ainda escreveu que com esquema de “Bolha de Segurança”, garante um controle ainda maior na organização da competição em São Paulo. Assim como os demais segmentos econômicos que permanecem em atividade com restrições, o futebol deve seguir as mesmas condições, com funcionamento sem público.

Postar um comentário

0 Comentários