Conselho técnico da Série A do Brasileirão aprova limite de troca de treinadores - Esporte Jundiaí

Propagandas

Conselho técnico da Série A do Brasileirão aprova limite de troca de treinadores

No conselho técnico da Série A do Brasileirão, nesta quarta-feira (24), os dirigentes dos clubes participantes do Brasileirão 2021 aprovaram um limite na troca de treinadores durante a disputa da competição. Proposta defendida pela CBF há três anos, a regra foi aprovada por maioria e valerá tanto para clubes que queiram demitir seus treinadores quanto para técnicos que peçam demissão de seus times.


O clube começará o Brasileirão com um técnico inscrito e, caso demita este treinador, poderá inscrever apenas mais um técnico. Em caso de segunda demissão, o profissional substituto tem que estar trabalhando no clube há pelo menos seis meses. Em caso de pedido de demissão por parte do treinador, o clube não sofrerá limitação para inscrever um novo técnico.


O técnico, uma vez inscrito no Brasileirão por um clube, só poderá se demitir uma vez, caso queira treinar outra equipe que dispute a competição. Se pedir demissão novamente, ele não poderá ser inscrito por outro time. Se for demitido pelo clube, o técnico não sofrerá nenhum tipo de limitação quanto à sua contratação por um novo time.


A favor do limite

  • Atlético-MG
  • América-MG
  • Bragantino
  • Chapecoense
  • Corinthians
  • Fluminense
  • Internacional
  • Palmeiras
  • São Paulo
  • Santos
  • Sport


Contra a limitação

  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Bahia
  • Ceará
  • Cuiabá
  • Grêmio
  • Flamengo
  • Fortaleza
  • Juventude

Postar um comentário

0 Comentários