Nojento! TJD-GO pede suspensão preventiva de Alan Mineiro por cuspe em bandeira - Esporte Jundiaí

Propagandas

Nojento! TJD-GO pede suspensão preventiva de Alan Mineiro por cuspe em bandeira

O Tribunal de Justiça Desportiva de Goiás (TJD-GO) apresentou denúncia ao meia Alan Mineiro, do Vila Nova, e pediu a suspensão preventiva do jogador por 30 dias pela cusparada em uma bandeira do Goiás no clássico disputado no último domingo, na Serrinha. O atleta por duas vezes vestiu a camisa do Paulista na década passada. A denúncia foi obtida pelo Jornal O Popular.


No documento, o procurador Marcus Vinícius Mafia Vieira cita o fato de que a infração de Alan Mineiro passou despercebida pela arbitragem e que por isso o jogador não foi punido em campo, o que justifica a suspensão preventiva. O Vila Nova ainda não foi notificado.


Na denúncia, o procurador do TJD-GO dá ênfase ao histórico de violência entre as torcidas de Goiás e Vila Nova e considera que a atitude de Alan Mineiro pode gerar atrito entre esmeraldinos e colorados.


Alan Mineiro foi denunciado em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJB). O primeiro é o artigo 243-D (incitar publicamente o ódio ou a violência), com pena prevista de R$ 100 a R$ 100 mil de multa e suspensão de 360 a 720 dias. O outro é o artigo 258 (assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva), com pena prevista de um a seis jogos de suspensão.

Postar um comentário

0 Comentários