Palmeiras fatura a Copa do Brasil 2020: 14º título de elite nacional na sua história - Esporte Jundiaí

Propagandas

Palmeiras fatura a Copa do Brasil 2020: 14º título de elite nacional na sua história

O Palmeiras pela primeira vez neste século é tríplice corado. Neste domingo, o alviverde fechou a temporada 2020 com grande estilo: conquistou o título da Copa do Brasil, após uma vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio, em São Paulo, vencendo a série decisiva por 2 a 0. O Verdão fecha a temporada com três troféus da temporada 2020: Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Libertadores.


O alviverde repete o ano de 1998 quando conquistou um título nacional e um título nacional. Em 1998 ganhou a Copa Mercosul e a sua primeira Copa do Brasil. O Palmeiras é o primeiro time na história que conquista a Libertadores e a Copa do Brasil na mesma temporada.


Com a conquista, o Palmeiras está classificado para a disputa da Supercopa do Brasil de 2021, quando terá pela frente o Flamengo, campeão brasileiro da Série A de 2020. O jogo, ainda sem local e horário definidos, está programado para o dia 11 de abril. O confronto será entre os dois jogos da Recopa Sul-Americana, quando o Palmeiras encara o Defensa Y Justicia (7 e 11 de abril). Quem comemora o título palmeirense é o Fluminense, que assim avança direto a fase de grupos da Libertadores. Grêmio jogará a fase preliminar.


O Palmeiras conquista seu quarto título de Copa do Brasil na história. O alviverde venceu o torneio também nas temporadas de 1998, 2012 e 2015. Foi a 14ª conquista de elite nacional na história do clube, que além das quatro vezes que levou a Copa do Brasil, venceu seis vezes o Campeonato Brasileiro – Série A (1972, 1973, 1993, 1994, 2016 e 2018), duas edições da Taça Brasil (1960 e 1967 – que a CBF considera Brasileirão), duas vezes o Robertão (1967 e 1969 – que a CBF considera Brasileirão). Podem ser quinze se contar a Copa dos Campeões (2000), torneio já extinto.


O primeiro tempo foi de um bom jogo. Nada de times recuados, jogando apenas por uma bola. Ambos optaram por bastante velocidade – o Grêmio pelos lados, e o Palmeiras nos lançamentos longos e de preferência pelo meio. Foram 14 finalizações nos 45 minutos iniciais. Pena que a pontaria dos jogadores não estava em dia, e apenas uma foi no alvo de cada time.


No segundo tempo, o Palmeiras não jogou recuado. Usando bastante a velocidade chegou ao gol aos 8 minutos. Bela jogada de Willian e tocou para Wesley chutar cruzado. Paulo Victor espalmou a bola para dentro. 1 a 0, para o Verdão.


E o gol do título saiu aos 38 minutos. Em grande jogada de contra-ataque, Raphael Veiga serviu Gabriel Menino na ponta direita, que limpou o seu marcador e chutou cruzado, por baixo das pernas de Paulo Victor para garantir os 2 a 0. Foi o gol que decretou ao alviverde o direito de dar mais uma volta olímpica na temporada 2020 – um ano que se estendeu por 2021 brilhante para o clube de Palestra Itália.

Postar um comentário

0 Comentários