Após atos de vandalismo contra o seu lar, técnico Holan pede demissão do Santos - Esporte Jundiaí

Propagandas

Após atos de vandalismo contra o seu lar, técnico Holan pede demissão do Santos

O técnico Ariel Holan pediu demissão do Santos nesta segunda-feira. O motivo não foi apenas os resultados em campo, mas sim o ambiente fora de campo. Algumas pessoas soltaram rojões em direção ao apartamento onde o até técnico santista morava. Não restou outra alternativa, e o profissional “defender” a sua vida e pedir demissão.

“O pessoal confunde projeto de três anos com contrato de três anos com o treinador. Existe uma quebra de contrato de qualquer parte. Ponderamos e de comum acordo aceitamos essa situação. Tentei reverter, não teve jeito. Houve até caso de fogos no apartamento dele. Soltaram rojão. Isso o deixou de uma maneira pouco confortável”, comentou o presidente do Santos, Andrés Rueda.

Ariel Holan havia sido contratado em fevereiro, depois da saída de Cuca. Ficou apenas 12 jogos. Foram 4 vitórias, 3 empates e 5 derrotas. O Peixe joga na terça-feira na Libertadores somente contra o Boca Juniors, na Argentina, às 21h30, sem treinador e também sem o seu camisa 10, Soteldo, vendido para o Toronto, da MLS. Time será dirigido por Marcelo Fernandes.


Enquete

Em enquete do site Ge.Globo, das diversas opções disponíveis, as que mais agradam o torcedor são as seguintes: Renato Gaúcho com 27,49% (mas praticamente inviável financeiramente), Dorival Júnior com 15,58%, Lisca com 13,65%, Vanderlei Luxemburgo com 12,54% e Fernando Diniz com 10,90%.


Foto: Ivan Storti / Santos FC

Postar um comentário

0 Comentários