Há 15 anos, Paulista jogava pela última vez uma partida na Copa Libertadores da América - Esporte Jundiaí

Propagandas

Há 15 anos, Paulista jogava pela última vez uma partida na Copa Libertadores da América

Nesta terça-feira começa a fase de grupos da Copa Libertadores da América. Situação bastante diferente de exatamente 15 anos atrás. Em 20 de abril de 2006, o Paulista jogava pela última vez uma partida pelo torneio continental. O Galo empatava por 0 a 0 com o El Nacional do Equador.

O jogo disputado no Jayme Cintra não era um ‘amistoso’ para o Tricolor. Uma combinação de resultados poderia classificar o Paulista. Mas o Galo não fez sequer a sua parte. No outro jogo do grupo 8 da Libertadores de 2006, naquela última rodada, o Libertad tinha que segurar o River Plate. Só que jogando em casa, o time argentino venceu por 1 a 0 e ficou com a segunda vaga da chave. O Libertad foi o primeiro classificado.

O grupo 8 terminou com Libertad na liderança com 11 pontos, o River em segundo com 9, o El Nacional em terceiro com 6 e o Paulista em quarto também com 6 (equatorianos na frente pelo saldo de gols: -2 contra -3).

Naquele 20 de abril de 2006, diante de 6.753 torcedores (e renda de R$ 99.080,00), o Paulista atuou com Rafael Bracalli no gol; Lucas, Dema, Réver e Fábio Vidal na linha de defesa; Glaydson, Amaral e Beto (que era lateral-esquerdo de origem) formando o meio-campo; Wilson, o colombiano Muñoz e Jaílson no ataque. Entraram durante a partida o zagueiro Nivaldo (jogando como atacante, no lugar de Jaílson), Jean Carlos (na vaga do colombiano) e Abraão (na vaga de Beto). Vagner Mancini, atualmente no Corinthians, era o treinador.

No El Nacional, jogadores com destaque na seleção equatoriana e titulares naquele jogo foram o goleiro Ibarra, o zagueiro Guagua, o lateral Omar de Jesús, o meia Alejando Castillo, o meio-campista David Quiroz, o atacante Félix Borja e o centroavante Chucho Benítez.


Fotos: Divulgação - Arquivo pessoal

Postar um comentário

0 Comentários