Nove de Julho esteve quatro vezes nos playoffs na última década no Amador de Jundiaí - Esporte Jundiaí

Propagandas

Nove de Julho esteve quatro vezes nos playoffs na última década no Amador de Jundiaí

O Nove de Julho mostrou muita força na última década quando disputou a Série A do Campeonato Amador de Jundiaí (2011-2020). Por quatro vezes das sete vezes que integrou a elite de Jundiaí, o clube da Vila Ana esteve nos playoffs, ou seja a fase eliminatória da competição.

Em 2011 o clube pela primeira vez no século chegou as quartas de final e pegou o Shangai. Empate por 1 a 1 no primeiro jogo e derrota por 2 a 1 na segunda partida (3 a 2 no agregado para o Shangai), mostraram a força do Nove, que somente foi parado pelo futuro campeão da competição.

No ano seguinte, novamente o Nove de Julho esteve nas quartas de final. O adversário foi o Marlene. O Nove venceu o primeiro jogo por 2 a 1, mas perdeu o segundo por 1 a 0, e somente foi eliminado pelo critério da melhor campanha, que favoreceu o Marlene (2 a 2 foi o agregado da série).

Em 2014, novamente o rival nas quartas de final foi o Marlene. E um destino parecido ocorreu. O Nove perdeu o primeiro jogo por 1 a 0, e venceu o segundo por 2 a 1. O Nove de Julho foi eliminado pelo critério da melhor campanha, já que o empate no agregado (2 a 2), favoreceu o Marlene, que tinha melhor campanha na primeira fase.

Última vez que o Nove de Julho esteve nos playoffs foi na temporada 2015. E novamente parou nas quartas de final. Empate por 2 a 2 na primeira partida e perdeu o segundo confronto por 3 a 0, sendo eliminado ao perder no agregado por 5 a 2.


Temporadas na elite

O Nove de Julho fez parte da elite do Campeonato Amador de Jundiaí entre 2010 e 2016. Não participa das competições da Liga Jundiaiense desde 2017.

Nas sete temporadas que esteve na elite, neste século, o Nove de Julho jogou 125 vezes e obteve 46 vitórias, 38 empates e perdeu 41 vezes. O Nove de Julho marcou 164 gols e sofreu 148 no período.

Em 2010 o Nove de Julho terminou na 12ª colocação. Em 2011 foi 8º. Terminou em 7º na temporada 2012 e também em 2014. Em 2014 ficou longe do G-8, ficando em 14º. O ano de 2016 registrou a melhor campanha no período, fechando na 6ª colocação. No último ano disputando a elite, o Nove de Julho terminou entre os 10 melhores.

A maior goleada do Nove de Julho entre 2010 e 2016 foi em 2015, quando enfrentou o Fut-Rap, em 11 de outubro, no Aramis Polli, e fez 7 a 0. Duas goleadas de 5 a 0 foram marcantes no período 2010-2016: sobre o São José na temporada 2015 e sobre o Ivoturucaia no ano seguinte.

Postar um comentário

0 Comentários