Palmeiras vence e completa 750 dias de invencibilidade como visitante na Libertadores - Esporte Jundiaí

Propagandas

Palmeiras vence e completa 750 dias de invencibilidade como visitante na Libertadores

O Palmeiras venceu o Universitário do Peru por 3 a 2, de forma emocionante, nesta quarta-feira, no estádio Monumental, em Lima, e chegou a uma marca importante na sua história recente na Copa Libertadores: são dois anos sem saber o que é perder como visitante no torneio. A última derrota atuando fora de São Paulo pela competição foi em 2 de abril de 2019, quando perdeu do San Lorenzo por 1 a 0, ainda pela fase de grupos daquele ano. São exatos 750 dias sem perder uma partida como visitante.

No período de 750 dias, o Palmeiras com um título e uma participação até as quartas de final, jogou dez vezes como visitante na Libertadores e obteve sete vitórias e três empates. Se o recorte for aumentado até 2018, nos últimos 18 jogos são 13 vitórias, 2 derrotas e permanecem os 3 empates.

O Palmeiras abriu o placar aos 19 minutos de jogo, com Danilo, aproveitando desvio de Emperur, em cobrança de escanteio. 1 a 0, Verdão.

O segundo gol foi um golaço anotado, aos 6 minutos da etapa final. Raphael Veiga recebeu passe de Rony, e encheu o pé para a bola parar no ângulo do goleiro adversário.

As coisas se complicaram aos 20 minutos, primeiro devido a expulsão de Alan Emperur, por falta besta, onde levou o segundo amarelo. Na sequência, na cobrança, Gutérrez, fez o gol de cabeça.

E aos 23, Danilo cometeu pênalti infantil ao colocar todo o braço na bola. O árbitro corretamente marcou e Gutérrez cobrou firme para determinar os 2 a 2 no placar naquele momento.

Quando parecia que o Palmeiras não iria vencer, na última bola, aos 49, em jogada de escanteio, Renan, zagueiro jovem do alviverde, fez de cabeça e decretou a vitória e os 3 pontos ao alviverde.

O Palmeiras faz parte do complicado grupo A, e na próxima rodada, enfrenta o Independiente del Valle, na terça-feira, às 21h30, em São Paulo, pela 2ª rodada da Libertadores, onde busca o segundo título consecutivo.


Foto: Conmebol

Postar um comentário

0 Comentários