Fernando Diniz DETONA jogos na altitude: “É algo meio desumano” - Esporte Jundiaí

Propagandas

Fernando Diniz DETONA jogos na altitude: “É algo meio desumano”

O Santos venceu Boca Juniors por 1 a 0 na última terça-feira. Na estreia de Fernando Diniz, o Peixe não teve mais posse de bola, mas foi efetivo. Apesar do bom resultado, o treinador foi expulso e não poderá comandar o time na próxima partida contra o The Strongest. Nesta quinta-feira (13), o treinador falou sobre o ocorrido em entrevista coletiva, mas aproveitou para na sua opinião pessoal detonar jogos de futebol que ocorrem na altitude.

“Jogar neste tipo de altitude é algo meio desumano. Aproveito a oportunidade para fazer uma crítica severa. É uma vantagem competitiva que não deveria ter. O jogo muda completamente. Seu maior adversário passa a ser a altitude e não tem como se preparar adequadamente para o jogo. A gente tenta diminuir os efeitos nocivos e muito agressivos que a altitude tem”, criticou o ex-treinador do Paulista.

“O Santos se planeja há um tempo para fazer isso. O departamento médico, o departamento de fisiologia. Mas mesmo assim, sabemos que teremos um desgaste exagerado. Jogo muda completamente. Ideia é ir lá o quanto antes e não ficar muito tempo na cidade. A gente vai para Santa Cruz de la Cierra e ficar o mínimo de tempo possível na altitude. Por mais que você tente fazer o melhor, jamais poderíamos jogar nesse tipo de altitude, não há sentido”, completou.

O técnico citou que não é o único a fazer estas críticas, mas que é importante se posicionar. “Caberia às autoridades do futebol rever. Sei que todo mundo fala isso há muito tempo. Mas quanto mais gente falar e se indignar, existe a chance de mudar”, criticou. “Não é porque correremos que vamos sofrer, vamos sofrer de qualquer jeito. Vamos fazer de tudo para sentir menos a altitude. Não tem como ir e não sofrer. Posse de bola, tudo. O Barcelona com o Messi ia sentir. Movimentação constante o tempo todo. Não tem muito remédio. É tentar diminuir o efeito dessa altitude”, completou Diniz.

Postar um comentário

0 Comentários