Fernando Diniz estreia com vitória e expulsão no comando do Santos: 1 a 0 no Boca - Esporte Jundiaí Fernando Diniz estreia com vitória e expulsão no comando do Santos: 1 a 0 no Boca

Fernando Diniz, ex-treinador do Paulista, estreou com pé-direito no comando do Santos. O Peixe venceu o Boca Juniors por 1 a 0, nesta terça-feira, na Vila Belmiro, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. O resultado coloca o Peixe na zona de classificação do grupo C com seis pontos e levando a melhor no saldo de gols que o time argentino, que tem a mesma pontuação (2 a 1). O líder da chave é o Barcelona de Guayaquil com nove pontos. Só que a notícia ruim da estreia de Diniz é que ele não ficou 90 minutos na área técnica: foi expulso na metade do segundo tempo.

No jogo desta terça-feira, o Santos não teve tanta posse de bola – algo que é bastante comum nos times de Fernando Diniz. No primeiro tempo, o Peixe somente ficou com a bola por 44% do tempo. Só que teve mais finalizações que o rival (8 a 3) e uma delas foi no alvo. Aos 41 minutos, Felipe Jonathan cortou o seu marcador e de pé-direito acertou o contrapé do goleiro Rossi. 1 a 0 para o Santos.

No segundo tempo, o alvinegro ainda teve menos posse de bola – 39% chegou aos 37 minutos do segundo tempo, e sofreu uma pequena pressão do Boca, mas que não acertava o alvo – somente uma vez até os 37 da etapa final. Com isso, João Paulo não precisou fazer grandes defesas.

Aos 22 minutos, o jogo teve muito bate-boca na área de banco de reservas, com os treinadores Miguel Ángel Russo do Boca e Fernando Diniz do Santos levando cartão amarelo. Dois minutos depois os dois técnicos foram expulsos por continuarem a bater boca. Também a arbitragem não conseguiu controlar os ânimos.

Após as expulsões dos comandantes das equipes, o jogo ficou tenso, mas sem grande criação de chances, o que foi melhor para o Peixe que comemorou a vitória.

O Santos volta jogar na Libertadores na próxima terça-feira, dia 18 de maio, quando enfrenta o The Strongest, a partir das 19h15, na Bolívia. Na última rodada da fase de grupos, o Peixe encara o Barcelona de Guayaquil, fora de casa, no dia 26 de maio (uma quarta-feira).


Foto: Conmebol