Final da Copa do Nordeste tem cinco jogadores expulsos após a partida por briga campal - Esporte Jundiaí

Propagandas

Final da Copa do Nordeste tem cinco jogadores expulsos após a partida por briga campal

A arbitragem da decisão da Copa Nordeste, que terminou com vitória do Bahia sobre o Ceará por 2 a 1 no jogo e 4 a 2 nos pênaltis, no Castelão, neste sábado, terminou expulsando cinco jogadores após a disputa de penalidades, em virtude da briga campal generalizada pelos atletas dos dois clubes. Receberam cartão vermelho por parte do árbitro Dênis da Silva Ribeiro Serafim (Alagoas) e devem desfalcar seus times por Copa do Brasil e/ou Brasileirão da Série A os seguintes atletas: Jael, Gabriel Dias e Speed Mendoza do Ceará; Danielzinho e Juninho do Bahia.

Segundo o árbitro, Jael foi expulso por “golpear com um soco nas costas o atleta do EC Bahia não relacionado na partida, sr. Severino de Ramos Clementino da Silva (Nino Paraíba)”. Segundo o juiz ele levou o vermelho por motivo de “r culpado de conduta violenta”, pois “após esta agressão, que teve início a partir da provocação do atleta não relacionado que invadiu o campo para comemorar, teve início um confronto generalizado... e as infrações relatadas foram por mim verificadas durante uma revisão sugerida pelo VAR na área de revisão (ARA)”.

Danielzinho do Bahia foi expulso por dar dois chutes em Mendonza do Ceará.  Gabriel Dias levou o vermelho por dar um chute na perna de Nino Paraíba e “em seguida, agrediu com um chute na perna e um soco no rosto o seu adversário, José Carlos Ferreira Junior (Juninho)”. Juninho por ter revidado, dando dois chutes em Danielzinho, ganhou o vermelho. Mendoza foi expulso por dar um chute em Nino Paraíba e também por pegar uma cadeira na tentativa de agredir o próprio Nino.

No campo de observações eventuais, Nino Paraíba foi também ‘denunciado’. “Após ter provocado de forma verbal e com um tapa no braço de seu adversário, Sr. Jael Ferreira Vieira, em seguida, o atleta invasor chutou o rosto e deu um soco no peito em momentos distintos, no seu adversário, sr. John Steven Mendoza Valencia”, descreveu o árbitro.


Foto: Thiago Gadelha / Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários