Futebol e esporte coletivo amador devem demorar a retornar na região - Esporte Jundiaí

Propagandas

Futebol e esporte coletivo amador devem demorar a retornar na região

Apesar da vontade de muitos de praticarem aquela pelada de fim de semana ou jogar uma partida de competição de forma amadora seja de futebol, basquete, vôlei ou handebol – leia-se esporte coletivo, ainda nas cidades da região não está podendo. O Esporte Jundiaí consultou as Prefeituras de Jundiaí, Itupeva e Várzea Paulista que foram unânimes: prática de esporte coletivo de forma amadora está proibida.

No último final de semana, a reportagem ficou sabendo da realização de mais de 20 jogos de futebol amador na região e também disputas de competição de vôlei amador. Mas nenhuma cidade ainda liberou.

Segundo a Prefeitura de Itupeva, em nota enviada pela assessoria de imprensa. “Não houve liberação ainda para a prática do futebol. Os campos municipais continuam interditados, estando a sua utilização e consequente prática da modalidade condicionada à liberação pelo Plano SP, ao qual a Prefeitura de Itupeva aderiu em 2020 e, portanto, segue suas diretrizes”, informou.

“A prática de modalidades coletivas, que tenham contato físico, em tese, pelo referido plano, serão liberadas apenas a partir da fase azul, salvo novas orientações do Centro de Contingência do Estado”, completou. A fase azul seria a 5ª no Plano São Paulo, quando o estado chegaria a um “normal controlado”. Atualmente o estado de São Paulo está todo na fase de transição, entre a fase vermelha (fase 1) e a fase laranja (fase 2). Ainda tem as fases amarela (fase 3) e fase verde (fase 4) antes da fase azul.

Como para avanço de cada fase, o Centro de Contingência do Estado estabelece pelo menos 15 dias, somente daqui 60 dias no mínimo – se tudo ocorrer na melhor forma na evolução, queda de números da pandemia e vacinação, o esporte coletivo amador teria sua prática liberada. Ou seja, apenas na primeira quinzena do mês de agosto, já no segundo semestre do ano.

A Prefeitura de Várzea Paulista, via assessoria de imprensa informou “que até o momento não há previsão de volta para as atividades esportivas, já que o município segue as deliberações do Plano São Paulo, do Governo Estadual”. A cidade lembrou que atualmente apenas a pista de caminhada do Parque Chico Mendes e da Avenida Bertioga estão liberadas, seguindo as regras de capacidade máxima e distanciamento social – e para esportes de prática individual.

Também via assessoria de imprensa, a Prefeitura de Jundiaí informou que “o município segue as deliberações do Governo do Estado de São Paulo, por meio do Plano São Paulo. Conforme o Decreto Municipal Decreto 29.966, de 7 de maio de 2021 - Fase de Transição - estão vedadas atividades coletivas nos parques e equipamentos públicos”. A Prefeitura de Jundiaí lembrou que os espaços só podem ser utilizados para atividades físicas individuais de corrida, caminhada e ciclismo em áreas ao ar livre, pistas de corrida e ciclovias, levando em conta os protocolos sanitários”, informou.

Neste momento, de acordo com o decreto, a Unidade de Gestão de Esporte e Lazer mantém abertos os centros esportivos do Bolão - no Anhangabaú, Helena Cestari - na Vila Comercial e o Vanderlei Sperandio - no Santa Gertrudes.

No último final de semana, a Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ) informou que atendeu 14 ocorrências de atendimentos de aglomeração de pessoas em toda cidade, sempre com orientação e conscientização. Itupeva não teve ciência da ocorrência de nenhuma partida nos próprios campos municipais – o mesmo ocorreu em Várzea Paulista.

Postar um comentário

0 Comentários