Há três anos, Paulista tinha uma vitória categórica contra o Flamengo - Esporte Jundiaí

Propagandas

Há três anos, Paulista tinha uma vitória categórica contra o Flamengo

Em 6 de maio de 2018, o Paulista enfrentou o Flamengo e teve uma vitória categórica, que ninguém poderia colocar dúvida. O leitor ao lê a manchete pode achar que o Paulista enfrentou o Flamengo do Rio, mas não, era o Flamengo de Guarulhos. Pela Série B1 do Paulistão, o Tricolor, em casa, venceu o Rubro-Negro da Grande São Paulo por 2 a 0.

Disputada sob um sol forte da manhã de domingo, o Galo venceu uma partida importante, a terceira na competição e contra um concorrente direto.

Diante de 529 torcedores no Jayme Cintra, o primeiro gol do Paulista teve participação do goleiro André Luiz, logo aos 11 minutos de jogo. O camisa 1 do Tricolor pegou a bola e de forma rápida e precisa lançou Cuadrado, posicionado na linha de meio de campo. O camisa 11 ganhou na dividida do lateral Ian, tabelou com Wallace, e invandiu a área e rolou para Zunquinha, sozinho, na marca do pênalti tirar do goleiro Matheus Santillo.

O Flamengo logo depois perdeu o seu goleiro Santillo e entrou Herilan. E aos 26 minutos ainda do primeiro tempo unquinha cobrou escanteio em direção a primeira trave, e Ian, sozinho, subiu mais alto, para desviar e marcar 2 a 0 para o Paulista, o Tricolor fez o seu segundo gol.

Com a vantagem, Sérgio Caetano mexeu no time no intervalo, mas de forma ofensiva. Tirou o lateral Natham, deslocou Zunquinha para o setor, colocando Jonathan Brito, para atuar ao lado de Wallace, com o Paulista jogando com dois atacantes na área. E Jonathan criou as principais chances na etapa final, sendo a melhor aos 21 minutos, em chute forte, que o goleiro Herilan fez a defesa. Só que o jogo terminou 2 a 0 para o Tricolor.

O treinador Sérgio Caetano escalou o Paulista com André Luiz; Natham (Jonathan Brito), Evandro, Papaléguas e Ian; Zulu (Moisés), Rafael Sena (Gabriel) e Carlinhos Alexandre; Zunquinha, Cuadrado e Wallace.


Foto: Thiago Batista / Esporte Jundiaí

Postar um comentário

0 Comentários