Morre Emílio Trevisan, ex-jogador do Paulista, aos 106 anos - Esporte Jundiaí

Propagandas

Morre Emílio Trevisan, ex-jogador do Paulista, aos 106 anos


Faleceu na madrugada desta quarta-feira (5) Emílio Trevisan, aos 106 anos – completaria 107 anos no dia 19 de julho. Ele jogou com a camisa do Paulista entre as décadas de 1940 e 1950. Ele era o jogador mais antigo a ter vestido a camisa do Galo que estava vivo. A causa da morte não foi divulgada.

Nascido em Buenos Aires, capital da Argentina, Trevisan se mudou para Jundiaí na sua juventude, onde trabalhou na antiga Companhia Paulista de Estradas de Ferro e jogou pelo Paulista de Jundiaí nas décadas de 1940 e 1950 – iniciando no período do amadorismo, mas passando ao profissionalismo em 1947, atuando como lateral-direito.

O Paulista publicou nota nas redes sociais lamento o falecimento de Emílio. “O Sr. Emilio é um símbolo da trajetória vitoriosa do nosso Paulista Futebol Clube, que nos enche de orgulho e ficará sempre em nossas memórias e inspirações. Nossa eterna gratidão e condolências a toda família”, escreveu a agremiação.

Torcedor do Paulista e também do Palmeiras, Emílio se considerava jundiaiense de coração. A esposa, Letícia, faleceu em 2013, após 67 anos de casados. Emílio e Letícia tiveram três filhas, sete netos e dois bisnetos.

Emílio Trevisan tinha cadeira cativa no Estádio Doutor Jayme Cintra e era frequentador assíduo nos jogos do Galo e participou das festividades do clube em datas históricas de aniversário – clube completa 112 anos no próximo dia 17.


Foto: Paulista FC

Postar um comentário

0 Comentários