Palmeiras domina Corinthians e garante com tranquilidade vaga na final do Paulistão - Esporte Jundiaí

Propagandas

Palmeiras domina Corinthians e garante com tranquilidade vaga na final do Paulistão

Para quem estava perto de uma eliminação na primeira fase do Paulistão, o Palmeiras teve muita tranquilidade para passar pela semifinal e chegar à decisão do Estadual pelo segundo ano seguido. O Verdão venceu o Corinthians por 1 a 0, na Neo Quimica Arena, pelo duelo único da semi. Dos 90 minutos, o alviverde pouco sofreu com a ineficiência do ataque rival. O placar de 2 a 0 não refletiu o que foi o jogo, tamanha a superioridade do time de Abel Ferreira no jogo.

O Palmeiras, mesmo com 34% de posse de bola, quando recuperava a bola, aproveitou os espaços oferecidos pela defesa do Corinthians, especialmente nas costas de João Victor e Raul Gustavo para levar perigo.

O Verdão somente precisou de 12 minutos para desta maneira abrir o placar. Após ótima jogada de Rony, Cássio não segurou e Victor Luís fez a diagonal perfeita para fazer 1 a 0.

O camisa 26 do Palmeiras somente não ampliou aos 24 minutos, quando recebeu passe de Luiz Adriano e livre chutou a bola na trave.

E o alviverde perdeu outra grande chance aos 47 minutos do primeiro tempo, em roubada de bola de Veiga, que terminou com finalização na rede do lado de fora de Rony. E no lance seguinte, o Verdão chegou a marcar um gol com Luiz Adriano, que foi anulado por impedimento do camisa 10.

No segundo tempo, o Palmeiras ficou mais com a bola – aos 20 minutos do segundo tempo, os comandados de Abel Ferreira tinha 56% de posse de bola e continuaram a perder chances de gol.

Mas em rápida jogada, aos 31 minutos, em tabela de Rony e Luiz Adriano, o camisa 10 palmeirense chutou rasteiro, sem chance para Cássio, para marcar os 2 a 0 e garantir a classificação do Palmeiras em mais uma final do Paulistão.

O Corinthians ainda teve a chance de diminuir o placar, em um pênalti bobo cometido por Danilo sobre Mosquito, aos 40 minutos. Só que Luan, que é um péssimo cobrador de penalidades, mandou a bola no travessão, e desperdiçou mais uma cobrança na sua carreira – mostrando que o Corinthians tem que ligar o sinal de alerta no Brasileirão. 

No fim do jogo, uma confusão provocada por Luan, que ganhou apenas amarelo no lance, o árbitro mostrou vermelho para os coadjuvantes da briga que foram João Victor, do Corinthians, e Zé Rafael, do Palmeiras.

CORINTHIANS

0

 

PALMEIRAS

2

12 Cássio

33 João Victor 

3 Jemerson <

> 4 Gil

34 Raul  

44 Mandaca <

> 19 Mosquito

8 Ramiro <

> 18 Léo Natel

5 Gabriel

7 Luan 

6 Piton

17 Cauê <

> 22 Mateus Vital

11 Otero <

> 77 Jô

Técnico: Vagner Mancini

 

21 Weverton

3 Renan

15 Gustavo Gómez

13 Luan  

12 Mayke

30 Felipe Melo <

> 28 Danilo

5 Patrick de Paula

23 Veiga <

> 8 Zé Rafael 

26 Victor Luís <

> 17 Vina

7 Rony

10 Luiz Adriano <

> 18 Danilo Barbosa

Técnico: Abel Ferreira

Victor Luís, aos 12min do 1ºT (0-1)

Luiz Adriano, aos 31min do 2ºT (0-2)


Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza

Assistentes: Neuza Ines Back e Daniel Paulo Ziolli

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

Realizado na Neo Química Arena, em São Paulo

 

Foto: César Grecco / Palmeiras

Postar um comentário

0 Comentários