Paralimpíada: goalball brasileiro enfrenta atuais campeões na 1ª fase - Esporte Jundiaí Paralimpíada: goalball brasileiro enfrenta atuais campeões na 1ª fase

As seleções brasileiras de goalball conheceram nesta segunda-feira (10) os adversários da primeira fase na Paralimpíada de Tóquio. As equipes masculina e feminina terão pela frente, nos respectivos grupos, os campeões paralímpicos do Rio de Janeiro, em 2016: Lituânia, entre os homens, e Turquia, entre as mulheres.

Atual bicampeão mundial da modalidade voltada a pessoas com deficiência visual, o Brasil, do técnico jundiaiense Alessandro Tosim, caiu no grupo A masculino. Além dos lituanos, também integram a chave Estados Unidos (prata em 2016), Japão e Argélia. No grupo B, figuram Alemanha, Bélgica, China, Turquia e Ucrânia. A seleção nacional busca a terceira medalha paralímpica, após a prata de Londres (Reino Unido), em 2012, e o bronze no Rio.

No torneio feminino, o Brasil inicia a busca por uma medalha inédita no grupo D, com Turquia, Estados Unidos (bronze no Rio), Japão e Egito. Este último substitui a campeã africana Argélia, que abriu mão da vaga. China (prata em 2016), Israel, Austrália, Canadá e Rússia são as seleções do grupo C. As russas, atuais campeãs mundiais, terão de competir sem o nome do país, devido a uma punição ao comitê paralímpico local por casos de doping.

Na primeira fase de ambos os torneios, as seleções se enfrentam dentro dos próprios grupos, em turno único. Os quatro primeiros de cada chave avançam às quartas de final. O mata-mata prossegue até a final, com os times derrotados na semifinal se enfrentando pela medalha de bronze.