São Paulo e Palmeiras fazem apenas segunda final direta na história do Paulistão - Esporte Jundiaí

Propagandas

São Paulo e Palmeiras fazem apenas segunda final direta na história do Paulistão

Finalistas do Paulistão 2021, São Paulo e Palmeiras vão fazer apenas a segunda decisão direta entre ambos pelo título estadual na história do Campeonato Paulista. A informação é da própria Federação Paulista de Futebol organizadora da competição.

Frente a frente em 1992, quando o tricolor levou a melhor, os rivais disputaram títulos em outras sete ocasiões em que o regulamento previa o campeão no sistema de pontos corridos – não era uma final (jogo eliminatório) como previa o regulamento na época.

Sem conquistar um título importante desde 1976, o Palmeiras entrava na temporada de 1992 com o aporte financeiro da multinacional Parmalat e, após seis anos, voltava à decisão do Campeonato Paulista. Do outro lado estava o São Paulo já comandado por Telê Santana, campeão da Libertadores e que ganharia o primeiro mundial de clubes entre uma decisão estadual e outra.

No primeiro jogo da final, em 5 de dezembro, Raí brilhou, marcou três vezes e o São Paulo venceu o Palmeiras por 4 a 2. No dia 13, em Tóquio, o Tricolor batia o Barcelona para ficar com o título do Mundial Interclubes e no dia 20, estava de volta ao Brasil para o segundo jogo da decisão paulista, onde voltou a vencer, por 2 a 1, e ficou com a sua 17ª taça estadual.


Disputas em pontos corridos

Em outras sete ocasiões, os rivais disputaram o título estadual ponto a ponto, mas sem fazer finais (jogo eliminatório) de fato. Em 1950, 1971 e 1972, se enfrentaram na última rodada do campeonato e os dois times entraram em campo podendo ficar com a taça ao fim do jogo. Em 50, o empate deu a taça ao São Paulo, que também foi campeão em 1971, mas após vencer o confronto. Em 1972, ambos chegaram invictos à última rodada e o empate sem gols deu o título ao Palmeiras – e o São Paulo foi vice-campeão invicto, algo bastante curioso e pouco comum na história do futebol.

Em 1933, 1942, 1943 e 1944, a disputa do título acontecia entre as duas equipes até as últimas rodadas, mas embora os confrontos entre elas tenham sido decisivos, apenas uma das equipes poderia ficar com a taça ao final do jogo. O Palmeiras foi campeão em 33, 42 e 44, enquanto São Paulo ficou com a taça em 43.


Foto: Arquibancada Tricolor

Postar um comentário

0 Comentários