Uefa “copia” Copa do Brasil e pretende retirar “gol fora” como desempate nos playoffs - Esporte Jundiaí

Propagandas

Uefa “copia” Copa do Brasil e pretende retirar “gol fora” como desempate nos playoffs

A Uefa pretende acabar com um item de desempate de mais de cinco décadas, que pode tornar ainda mais chato o futebol e aumentar ainda a profusão exagerada na disputa de penalidades. O Comitê de Competições de Clubes da Uefa aprovou o fim do chamado "gol qualificado", que beneficia em duelos eliminatórios (playoffs ou mata-mata) a equipe que marca mais vezes no campo adversário. A mudança no regulamento, no entanto, ainda precisa ser ratificado pelo Comitê Executivo da entidade. A regra copiaria a Copa do Brasil que aboliu em finais o gol como visitante em 2015 e em toda a competição em 2018 - o que fez aumentar consideravelmente a disputa de penalidades.

A ideia foi discutida na reunião do Comitê de Competições realizada nesta sexta-feira, no Porto, cidade do Norte de Portugal que receberá neste sábado a final da Liga dos Campeões, entre Manchester City e Chelsea.

A regra do gol fora de casa com critério de desempate de duelos eliminatórias, quando os resultados dos dois jogos, incluindo prorrogação, são equivalentes - dois empates ou uma vitória para cada lado com a mesma diferença de gols -, foi utilizada pela Uefa pela primeira vez em 1965 e nunca foi retirada.

Na Liga dos Campeões, com a regra do gol fora de casa, não ocorre uma disputa de pênaltis entre oitavas de final e semifinal, em jogos de ida e volta desde as oitavas de final da temporada 2015/16, quando o Atlético de Madrid eliminou o PSV. Nesta temporada o gol fora somente serviu como desempate em dois confrontos: na classificação do Porto sobre a Juventus nas oitavas de final e do PSG sobre o Bayern de Munique nas quartas de final.

Na Liga Europa, com a regra do gol fora de casa, não ocorre uma disputa de pênaltis entre a décimas-sextas de final e semifinal, em jogos de ida e volta, desde a semifinal da temporada 2018/19, quando o Chelsea eliminou o Eintracht Frankfurt.

Postar um comentário

0 Comentários