Milton Leite comenta a sua volta para narração e o que a pandemia mudou nele - Esporte Jundiaí Milton Leite comenta a sua volta para narração e o que a pandemia mudou nele

Milton Leite volta a narrar partidas na televisão neste sábado, quando comandará a transmissão de Brasil x Cabo Verde, amistoso da seleção brasileira sub-24 (seleção olímpica), no SporTV, a partir das 14h.

“Estou encarando essa volta como uma reestreia, um recomeço. São quase 15 meses sem transmitir jogos. Eu nunca havia ficado tanto tempo sem fazer isso”, avisa o narrador, que estará na transmissão do SporTV com os comentaristas Lédio Carmona, Ricardinho e Sálvio Spinola.

Em entrevista a comunicação do Grupo Globo, Milton Leite abordou como será a sua volta depois de 15 meses para narrar e o que aprendeu com a pandemia neste tempo.


Como tem sido a sua preparação desde que soube que estava escalado para narrar Brasil x Cabo Verde?

Milton Leite: Estou buscando o máximo que posso de informações. Não é um jogo muito fácil, pois a seleção de Cabo Verde é pouco conhecida para nós. A minha grande preocupação na verdade é com o ritmo de transmissão, por conta deste tempo todo sem fazer. Eu sei que nos primeiros jogos isso será o que mais vou sentir. Mas tenho buscado me preparar para que dê tudo certo neste retorno.


O que mudou no Milton Leite pós-pandemia?

Milton Leite: O que eu acho que mudou, fundamentalmente, foi que comecei a observar coisas de outra maneira em casa. Aproveitei para dar mais atenção para a minha família, minhas filhas e netos. Ficamos muito mais tempo juntos. Consegui prestar atenção neste lado familiar, que geralmente na correria do dia a dia acaba não sendo possível. Sobretudo, a valorizar mais as coisas que temos e a própria vida. Neste período, vimos tantas famílias dizimadas por causa desta doença e tanta gente que ficou sem emprego, empresas fechando. Aprendi a valorizar mais ainda tudo que tenho.