Chegou o primeiro ouro do Brasil. O primeiro campeão olímpico do surfe é ‘brazuka’! - Esporte Jundiaí Chegou o primeiro ouro do Brasil. O primeiro campeão olímpico do surfe é ‘brazuka’!

Chegou a primeira medalha de ouro do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ítalo Ferreira entrou para história dos grandes campeões da história do esporte nacional. Ele venceu a disputa final do surfe olímpico masculino, na madrugada desta terça-feira, ao ganhar do japonês Kanoa Igarashi (15,14 a 6,60). A conquista de Ítalo entra também para a história da modalidade já que ele se tornou também o primeiro campeão olímpico no surfe, já que o esporte estrou na Olímpiada nesta edição.

Foi a 31ª medalha de ouro da história do Brasil e a 134ª no geral. Com a vitória de Ítalo o país mantém uma escrita neste século: sempre sai dos Jogos de Verão com pelo menos uma medalha dourada (5 ouros em 2004, 3 em 2008 e também em 2012 e 7 ouros em 2016).

Campeão olímpico aos 27 anos. Ítalo Ferreira foi campeão do circuito profissional de surfe em 2019, onde atualmente é o número 2. Natural de Baia Formosa, do litoral do Rio Grande do Norte, e atualmente com 27 anos, foi eleito "o estreante do ano" na temporada de 2015 e por muito pouco não esteve na briga pelo título mundial daquela temporada - foi o sétimo ao final da disputa.

Desde então, se manteve na elite e se firmou como um dos grandes nomes do surfe mundial, tendo a sua primeira consagração em 2019 com o título mundial. Agora Ítalo entra para a história dos heróis olímpicos brasileiros.


Gabriel Medina

pós uma eliminação questionada nas redes sociais para o japonês Kanoa Igarashi nas semis, Gabriel Medina perdeu para o australiano Owen Wright na bateria do terceiro lugar e ficou sem o bronze. O líder do ranking mundial teve uma nota de 11.77 contra 11.97 do rival.


Foto: COB