Em estudo mudanças nas regras do futebol. Pode ter “jogo cronometrado” e lateral com os pés - Esporte Jundiaí

Propagandas

Em estudo mudanças nas regras do futebol. Pode ter “jogo cronometrado” e lateral com os pés

O jornal espanhol Mundo Deportivo informou neste sábado que uma competição está realizando testes para um novo sistema do futebol, que pode ser estudada futuramente pela Fifa. Entre as novidades, que estão sendo testas na Copa Futuro do futebol, são as seguintes:

- 2 tempos de 30 minutos, com o relógio do jogo sendo parado quando a bola sair de campo ou falta

- Lateral sendo cobrado com os pés, sendo que o atleta pode cobrar para ele mesmo

- 5 minutos de suspensão para o atleta que receber um cartão amarelo na partida. O goleiro que recebeu o cartão amarelo deve sair do campo, e o time colocar um goleiro no seu lugar, fazendo uma substituição por um atleta de linha.

- Substituições ilimitadas no jogo

Estas mudanças que são testas na Copa Futuro do Futebol, que ocorre na Holanda, tem quatro times participando do torneio: PSV (Holanda), AZ (Holanda), Leipzig (Alemanha) e Club Brugge (Bélgica). Embora inicialmente tenha circulado nas redes sociais que a Fifa patrocinou as provas, como soube o Mundo Deportivo, o torneio da categoria juvenil não conta com o apoio do organismo internacional, mas as mudanças devem ser levadas a entidade.

A competição tem vídeos na internet para quem quiser conferir sobre as mudanças e o Esporte Jundiaí conferir o jogo PSV e Brugge onde é possível ver as quatro mudanças propostas podem ser vistas em um único lance, como no vídeo abaixo: lateral cobrado com os pés, a suspensão de 5 minutos por uma amarelo – e no caso agravado por ser um goleiro e o relógio do jogo sendo paralisado.

O futebol é um dos esportes que menos muda suas regras. A última alteração radical promovida pela Fifa aconteceu lá em 1992, quando os goleiros passaram a ser impedidos de pegar recuo de bola de jogador de linha com as mãos – recuo com os pés, claro. Mais recentemente, a chegada do VAR foi uma inovação importante, mas de caráter arbitral.

Só que ao longo da história mudanças importantes ocorreram como a mudança na regra do impedimento, onde um atleta é considerado fora de jogo mudou do antepenúltimo defensor para o penúltimo defensor.

Participam da Copa Futuro do futebol quatro agremiações da Europa: PSV (Holanda), AZ (Holanda), Leipzig (Alemanha) e Club Brugge (Bélgica).

Assim que a “Future of Football Cup” terminar, a Fifa analisará se as mudanças regulatórias foram positivas e se podem ser implementadas em nível profissional.

Nesse caso, o próximo passo seria discutir o assunto com as Confederações e, em seguida, fazer uma solicitação formal à diretoria internacional para que as mudanças sejam feitas.


Foto: Extraída da transmissão oficial da Copa do Futuro do futebol

Postar um comentário

1 Comentários

  1. 1) Tempos atrás estive pensando nisso. Um futebol moderno onde se priorizasse a feitura de gols. Para tal bastaria traçar uma linha paralela distante 22 metros da linha de fundo. Esta área seria chamada de "área gigante". Desta linha para trás não mais haveria impedimento. Hoje é na metade do campo e isto provoca um amontoado de jogadores que, às vezes, tem-se 21 jogadores de um lado e apenas o goleiro no outro. Evidentemente, acontece um bate e rebate terrível, dificultando demais a conclusão da jogada que resulte em gol. A linha traçada na entrada da área penal proporcionará : Jogo aberto onde os craques terão oportunidades de mostrar todo os seus talentos. Certamente, teríamos muito mais gols, jogos emocionantes, do início ao fim.
    2) Quanto aos assistentes, se deveria colocar 2 em cada linha lateral. Cada um trabalhando numa metade do campo. 3) A partida teria 2 tempos de 30 minutos cronometrados, com o cronômetro sendo parado quando a bola sair pela lateral ou pela linha de fundo; quando uma equipe cometer falta; quando o árbitro parar o jogo para quaisquer outras situações : atendimento a jogadores por contusão; substituição; invasão de campo; duas bolas em campo etc. Quando o cronômetro atingir 30 minutos, em qualquer tempo, a partida deve ser encerrada, mesmo que houver um pênalti durante o apito final do árbitro. 4) No caso da cobrança do lateral, seria inadmissível que o jogador toque para ele mesmo. Também a bola tem que partir de dentro do campo, colocada a 1 metro da linha lateral, sob os olhares do assistente do árbitro. Diminuiria muito o "bola pro mato" porque cada lateral no ataque seria um mini-escanteio. 5) As substituições seriam ilimitadas e, se um jogador for substituído, poderia voltar à partida, se o treinador achar necessário. 6) O jogador que for punido com cartão amarelo, terá que ser substituido automaticamente e ficar fora por 5 minutos. A punição tem que ser para o jogador e não para a equipe. Após 5 minutos, ele poderá voltar a campo e, se levar outro cartão amarelo, será expulso e suspenso por 2 partidas.






    ResponderExcluir

Apenas usuários cadastrados no Google, com nome de identificação clara terão comentários permitidos. Reservamos o direito de não publicar o comentário, caso ele seja ofensivo ou desrespeitoso.
COMENTÁRIOS SEM IDENTIFICAÇÃO OU APARECENDO EM FORMATO ANÔNIMO NÃO SERÃO ACEITOS!