São Paulo sofre goleada e volta ao Z-4. Santos perde e sai do top-10 do Brasileirão - Esporte Jundiaí São Paulo sofre goleada e volta ao Z-4. Santos perde e sai do top-10 do Brasileirão

O domingo foi horroroso para o futebol paulista. Os três times que entraram em campo no Brasileirão da Série A sofreram derrotas. O São Paulo sofreu uma virada que terminou em goleada do Flamengo por 5 a 1 no Maracanã, o Bragantino perdeu do Fortaleza por 1 a 0, fora de casa, e o Santos na Vila Belmiro foi superado pelo Atlético-GO por 1 a 0. Todos estes jogos foram da 13ª rodada do Brasileirão. As consequências na classificação foram ruins aos três paulistas.

O São Paulo voltou a zona de rebaixamento, o Z-4, ocupando a 17ª colocação com 11 pontos. O Santos saiu do top-10, e agora é o 11º com 16 pontos. O Bragantino caiu para o 4º lugar com 24 pontos.

O Peixe perdeu do Atlético-GO com um gol de Zé Roberto, em cobrança de pênalti, aos 19 minutos de jogo. Foi a primeira derrota de Fernando Diniz no comando do Santos na Vila Belmiro. E mostrou um velho problema do time de Diniz: foram 29 finalizações em todo jogo, mas somente 2 foram no gol e nenhuma foi para o fundo das redes. O Atlético teve finalizações ao gol em todo jogo, mas precisou de apenas 7 finalizações e uma foi dentro da ‘casinha’. O Santos ainda teve 74% de posse de bola.

Um cenário parecido que ocorreu no Maracanã na goleada sofrida pelo São Paulo. O Tricolor teve 18 finalizações contra 12 do Flamengo nos 90 minutos. Só que o Rubro-Negro mostrou melhor eficiência no chute ao gol: 67% das suas finalizações (8) foram no alvo, sendo que 1/3 foram para o gol – 3 gols de Bruno Henrique e 1 de Gustavo Henrique (o São Paulo marcou ainda um gol contra com Welington). O time do Morumbi acertou apenas 1/3 das finalizações no gol – 33% e somente converteu uma no fundo das redes – com Arboleda.

O Bragantino teve mais posse de bola que o Fortaleza (65% contra 35%), mas ambos os times praticamente tiveram o mesmo número de finalizações – 14 para o time cearense contra 13 da equipe bragantina. Ambos os times acertaram quatro vezes ao alvo, só que Robson, aos 13 minutos de jogo foi o único que balançou as redes do Castelão.