Tóquio 2020: Futebol masculino do Brasil pode até perder por 1 a 0 para chegar nas quartas de final - Esporte Jundiaí Tóquio 2020: Futebol masculino do Brasil pode até perder por 1 a 0 para chegar nas quartas de final

O empate da seleção brasileira por 0 a 0 com a Costa do Marfim não foi de ruim. Primeiro que jogou com um atleta a menos desde os 13 minutos do primeiro devido a expulsão (correta!) do meio-campista Douglas Luiz. Segundo que pela situação na classificação e a última rodada, o Brasil com um simples empate ou até mesmo uma derrota por um gol de diferença contra a eliminada Arábia Saudita se classifica as quartas de final.

Com quatro pontos e dois gols de saldo o Brasil lidera o grupo. A Costa do Marfim está em segundo com quatro pontos e um gol de saldo. A Alemanha fez 3 a 0 na Arábia e tem três pontos e saldo negativo de um. A Arábia sem pontuação não tem mais chances de classificação.

Na última rodada, na terça-feira, 5h da manhã, o Brasil pega a Arábia Saudita enquanto Alemanha e Costa do Marfim se enfrentam. O Brasil se empatar chega a 5 pontos, e não tem como ser alcançado ao mesmo tempo por marfinenses e alemães, pois um tirará pontos do outro. O Brasil se perder por um gol de diferença também se classifica, em virtude da pontuação e do saldo de gols de Alemanha e Costa do Marfim com qualquer combinação de resultados, não ser possível de ambos ao mesmo tempo ultrapassar o Brasil na classificação da chave.

O Brasil pode ser eliminado se perder o seu jogo por quatro gols de diferença e o jogo entre Alemanha e Costa do Marfim termine empatado. Derrota brasileira por três gols, pode levar a definição da vaga para os gols marcados. Outra possibilidade de eliminação do Brasil é uma derrota do Brasil por três gols de diferença e a Alemanha ganhar da Costa do Marfim por um gol de diferença.