Atletas do Time Jundiaí retorna aos treinos com foco na segurança e na interação - Esporte Jundiaí Atletas do Time Jundiaí retorna aos treinos com foco na segurança e na interação

Nesta segunda-feira foi o primeiro dia que os atletas do Time Jundiaí de 10 modalidades retornaram as atividades nos centros esportivos de Jundiaí. As amigas do Time Jundiaí de vôlei feminino, Yane Stella Oda e Isabella Zamboni, ambas com 16 anos, se reencontraram nesta segunda-feira, quando recomeçaram os treinamentos presenciais da modalidade no ginásio do Bolão.

Neste primeiro momento, a volta aos treinos foi diferente do habitual – de maneira gradual, respeitando distanciamento e número controlado de atletas nos treinos e sem compartilhamento de materiais. Nesta segunda, teve treino físico, com bola (cada uma com a sua) e de fundamento, nada ainda de jogo e contato físico.

“Depois de um ano, sempre bom retornar com segurança fazendo o que a gente ama fazer. Estava com muita saudade de treinar com todos”, explica Yane.

Para Isabela, os treinos on-line foram importantes, mas nada substituí o presencial. “Ficamos um ano só treinando de forma on-line, agora estamos voltando com segurança. É muito bom ver as meninas novamente, estava morrendo de saudade”, afirma.

Além do vôlei, retornaram as seguintes modalidades do rendimento do Time Jundiaí atletismo, basquete, ciclismo, futsal, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, natação e tênis. As atividades presenciais são feitas com redução de atletas por turma, com treinos técnicos e físicos, sem jogos de contato e coletivos.

Na ginástica artística, o experiente técnico Marco Antônio Fernandes, o Pirica, recebeu seus alunos também no Bolão e reafirmou a preocupação de todos com este novo momento.

“Assim como os atletas, estou ansioso para este recomeço. É uma responsabilidade muito grande que estamos tendo, mas vamos seguir todos protocolos, realizar uma volta escalonada, com muita calma e pensando sempre nas pessoas e não em rendimento. A hora é de realizar treinos sem cobranças para, a partir de então, com calma, começarmos a construir novamente uma nova ginástica artística. Neste momento, vamos resgatar as pessoas”, afirmou.

Para o gestor de esportes de Jundiaí, Luís Claudio Tarallo, neste momento, os educadores esportivos irão recepcionar os atletas com calma e segurança, se atentando às condições emocional e física de cada um deles. “Costumo falar que este retorno será feito de forma homeopática sempre seguindo os protocolos de segurança de combate à covid-19, com atividades individuais, distanciamento, máscara sem compartilhamento de material. De forma gradativa e sem pressa vamos trazendo as pessoas de volta, mas de uma sempre de uma maneira segura.”

Para ele, o objetivo neste momento é mais social do que esportivo. “O objetivo é acolher os alunos, criar este vínculo afetivo e proporcionar a interação social embora individual com os protocolos. Vamos trazer os atletas para uma retomada física também. Teremos todo o carinho com eles e seguiremos os protocolos garantindo a segurança de todos, o que é o mais importante sempre”, conclui.

Os atletas que não tiverem autorização dos pais para o retorno aos treinos continuarão treinando de forma virtual e não serão prejudicados nas suas atividades esportivas. Desde o início da pandemia, os treinamentos não pararam e foram feitos de forma on-line.

No retorno às atividades serão utilizados, além do Bolão, os complexos esportivos Mario Milani, Antônio Iacovino, além do Jardim Botânico e Unidades de Apoio do Sesi e Anchieta. Os centros esportivos Aramis Polli, Francisco Dal Santo e Benedito de Lima estão sendo utilizados para a vacinação da covid-19, enquanto o Ovídeo Bueno, Romão de Souza e Antônio de Lima estão em obras.


Outras atividades

A atividade de ginástica corporal destinada para os adultos seguirá o mesmo protocolo do rendimento – dividido em treinos presenciais e virtuais. Os treinos de iniciação esportiva e formação seguirão durante o mês de agosto apenas de forma virtual.


Fotos: Prefeitura de Jundiaí