Bragantino toma gol ‘de Caraglio’, mas vence Rosario Central com show de Artur - Esporte Jundiaí Bragantino toma gol ‘de Caraglio’, mas vence Rosario Central com show de Artur

Numa noite inspirada do atacante Artur, o Bragantino visitou o Rosario Central (ARG), e mesmo tomando gol de Caraglio, venceu o adversário por 4 a 3, no Gigante do Arroyito, em Rosário, na Argentina, pelo confronto de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Artur fez três gols e deu assistência para Praxedes também deixar sua marca em solo argentino.

Artur teve um primeiro tempo de gala na Argentina, quando marcou dois gols e deu uma assistência. No segundo tempo, quando o Rosario Central pressionou, a estrela do atacante voltou a brilhar com mais um gol, garantindo o importante resultado fora de casa.

Os times voltarão a se enfrentar na próxima terça-feira, às 19h15, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O Bragantino pode perder por até um gol de diferença até 3 a 2, que ainda assim estará classificado às semifinais, já que nesta fase o gol fora de casa é critério de desempate. Já o Rosario Central terá que vencer por dois gols de diferença para seguir na competição.

Mesmo fora de casa, o Bragantino não se intimidou e pressionou o Rosario Central para abrir o placar.  

Aos 15 minutos, Artur cruzou na área e encontrou Praxedes para completar ao gol. Logo depois, Lucas Evangelista foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Artur foi para a cobrança e ampliou.

Com dois gols de desvantagem, restou ao Rosario Central sair para o jogo e aos 22 os argentinos descontaram. Damián Martínez aproveitou rebote e cruzou na medida para Marco Ruben fazer o primeiro na partida.

Com 2 a 1 no placar, o Rosario seguiu no ataque e poderia ter empatado. Só que foi o Bragantino que voltou a marcar. Aos 42, Cuello cruzou na área e Artur, em noite iluminada, fez o terceiro do time paulista e o seu segundo gol no confronto.

No segundo tempo a partida seguiu movimentada, só que com o Bragantino sofrendo com as bolas aéreas do Rosario Central. E, num desses lances, aos nove minutos Marco Ruben recebeu cruzamento e fez o segundo dos argentinos. A dificuldade dos paulistas era tanta que, aos 16, Caraglio, de cabeça, deixou o placar empatado em 3 a 3.

Só que o empate não desestabilizou o Bragantino, que tinha Artur em noite iluminada. E novamente a estrela do atacante brilou. Aos 27, ele recebeu lançamento e finalizou com categoria, anotando seu hat-trick em campo e decretando a vitória da equipe paulistas no jogo.