Federação muda Copa São Paulo de futebol júnior para sub-21 em 2022 - Esporte Jundiaí Federação muda Copa São Paulo de futebol júnior para sub-21 em 2022

A Federação Paulista de Futebol informou na segunda-feira as diretrizes para disputa da Copa São Paulo de futebol júnior em 2022 – em 2021 a competição não foi realizada devido a pandemia da covid-19. A novidade é que a competição em vez de ser sub-20, para atletas que completem 20 anos no ano que a Copinha ocorre, em 2022 será sub-21, podendo iogar quem completar entre 16 até 21 anos em 2022 (nascidos entre 2001 e 2006).

A data da competição já está estabelecida: de 2 a 25 de janeiro de 2022. O clube para participar da competição deve estar filiada como profissional há mais de um ano em sua Federação local e ser vinculada à CBF. Para os clubes sedes, será exigida a filiação como clube profissional ou licença especial de base, junto a Federação Paulista de Futebol e ser vinculado à CBF.

Para a análise da candidatura da sede, será necessária a apresentação da documentação exigida pelo termo de compromisso e os laudos técnicos vigentes do estádio indicado. Como um dos critérios de avaliação da Sede, será realizada uma a vistoria técnica de toda infraestrutura da cidade para a recepção e atendimento das equipes.

Somente poderão participar atletas profissionais ou não profissionais, previamente registrados por seu Clube, junto à entidade de administração do desporto à qual o clube seja filiado e que tenha seu registro publicado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF até o dia 30 de novembro de 2021.

Para os filiados da Federação Paulista de Futebol, a documentação deve dos jogadores deve estar protocolada no Departamento de Registro da Federação Paulista de Futebol até o dia 23 de novembro de 2021. Os atletas que forem cedidos a outros clubes, por empréstimo, terão condição de jogo, desde que retornem ao Clube de origem até o dia 3 de dezembro de 2021.

Cada Clube relacionará através do sistema eletrônico da Federação até 30 jogadores no dia 3 de dezembro, sem poder substituir atletas inscritos. E até 2 de janeiro de 2022, cortar até cinco jogadores desta lista e definir a numeração fixa dos até 25 inscritos para a competição.