Neste século, Paulista venceu apenas uma única vez no Nicolau Alayon - Esporte Jundiaí Neste século, Paulista venceu apenas uma única vez no Nicolau Alayon

O Paulista, mesmo nos tempos de parceria, com grana, quase nunca teve sorte ao jogar no Nicolau Alayon. Seja em “tempos ricos” com a Parmalat financiando o time, seja em tempos que ainda sobreviva com uma boa receita da Série A1 e agora com receitas ainda menores, jogar no “campo do Nacional” neste século 21 não foi uma boa ao Tricolor. Nas cinco vezes que a camisa Tricolor pisou no campo da Barra Funda, o Paulista somente ganhou uma única vez. Neste domingo, o time jundiaiense volta ao Nicolau Alayon para enfrentar o Barcelona de Capela do Socorro, pela fase de grupos da ‘Bezinha’, a 4ª divisão do Paulistão.

Foi uma derrota, uma vitória e três empates no período. Neste século, o primeiro confronto foi em 23 de junho de 2001, quando o Galo, na época chamado de Etti Jundiaí – por conta da parceria com a Parmalat, o Tricolor perdeu do Nacional por 1 a 0 pela penúltima rodada dos pontos corridos da Série A2 do Paulistão. O jogo ficou marcado pela invasão de 5mil jundiaienses ao Nicolau Alayon, e uma confusão entre torcedores do Galo e Policiais Militares, com direito a golpes de cassete dos PMs para os apaixonados pelo Tricolor.

No ano seguinte, em 2002, já sem a Parmalat, o Paulista, na época chamado Jundiaí Futebol Limitada (transição da saída da multinacional) enfrentou o XV de Piracicaba no Nicolau Alayon pela Série B do Brasileirão. O jogo ocorreu na capital paulista, devido a uma perda de mando de campo para a equipe de Piracicaba, por conta de agressão a um auxiliar de arbitragem em jogo anterior na ‘Segundona’ Brasileira. E foi a única vitória do Tricolor no século no campo do Nacional: 4 a 0, com dois gols de Taílson.

Os outros três confrontos do Tricolor, já como Paulista, foram pela Copa Paulista, mas nem sempre contra o Nacional. Em 2011 foram duas visitas ao estádio, para enfrentar o Audax. Na época, o Tricolor estava na Série A1 do Paulistão, e usava a Copa Paulista para ajudar a montar o elenco para o Estadual de 2012. Na fase de grupos, em 14 de setembro, empate por 2 a 2. Depois, em 2 de novembro, pelas quartas de final, empate por 1 a 1.

Já fora da Série A1 do Estadual, o Paulista visitou o Nicolau Alayon pela última vez em 30 de setembro de 2015, quando encarou o Nacional pela fase de grupos da Copa Paulista. O jogo terminou empatado em 1 a 1.

Agora o Paulista volta ao Nicolau Alayon no domingo, pela terceira rodada da fase de grupos da ‘Bezinha’. O Tricolor enfrenta o Barcelona da Capela do Socorro.  O Barça manda seus jogos na atual 4ª divisão do Paulistão no campo da Barra Funda. A partida começa às 10h da manhã.