No duelo SP x CE do domingo, apenas Corinthians (acredite!) conquista os 3 pontos - Esporte Jundiaí No duelo SP x CE do domingo, apenas Corinthians (acredite!) conquista os 3 pontos

Neste domingo dois confrontos entre times do estado de São Paulo contra equipes do Ceará agitaram a rodada do Brasileirão. Só que apenas um time saiu de campo saiu com a vitória. E acredite, este time foi o Corinthians. Se o alvinegro de Parque São Jorge, tão criticado pelo desempenho que mostra na temporada com Sylvinho. E acredite ainda mais: o Corinthians jogou bola neste domingo.

Na sua arena, o Timão derrotou o Ceará por 3 a 1, em tarde de reestreia de Renato Augusto, que marcou um belo gol. No Castelão, o Fortaleza perdeu um pênalti e teve dois gols anulados e ficou no empate com o Santos por 1 a 1.

Na vitória corintiana o destaque foi Adson, que marcou os dois primeiros gols do Timão. O primeiro foi aos 16 minutos. Fábio Santos cobriu lateral para Jô que tocou para Roni. O meia entrou na área pela esquerda e tocou para Adson chutar cruzado para marcar.

O mesmo Adson fez o segundo do Corinthians aos 29 minutos. Fábio Santos cruzou da esquerda e o atacante, sozinho na área, cabeceou no canto esquerdo de Richard.

A tão esperada reestreia de Renato Augusto aconteceu aos 16 minutos da etapa final, quando ele entrou no lugar de Roni. E foram precisos sete minutos para marcar. O meia recebeu de Giuliano, girou na entrada da área e bateu no ângulo de Richard.

O Ceará diminuiu dois minutos depois com Rick, que passou por três marcadores e chutou da entrada da área para marcar. No final, o Corinthians segurou o resultado e garantiu a vitória em casa.

Com a vitória, o Corinthians soma agora 21 pontos e pula para a 10ª colocação. O Ceará estaciona nos 23 e fica em 8º. Na próxima rodada, a 17ª do Campeonato Brasileiro, o Corinthians encara o Athletico-PR no domingo (22), em Curitiba.

No Castelão, o Peixe empatou com o Leão por 1 a 1, fora de casa. Com o resultado, o Alvinegro Praiano foi a 21 pontos, na nona colocação do torneio. Já o Tricolor, que vinha de duas vitórias seguidas, está com 31, em terceiro lugar.

Os gols do jogo praticamente saíram em sequência no primeiro tempo. O Peixe, porém, nem deixou os rivais comemorarem. Aos 22, após cobrança de lateral, Luiz Felipe afastou mal e a bola sobrou na medida para Lucas Crispim, que emendou um lindo voleio para colocar os mandantes em vantagem. Dois minutos depois, Gabriel Pirani disparou pela esquerda e cruzou para a área. Marcelo Boeck falhou ao tentar afastar e Carlos Sánchez aproveitou para deixar tudo igual.

O segundo tempo ficou marcado por polêmicas de arbitragem. Aos 24, David foi lançado em profundidade, ganhou da marcação e tocou com categoria na saída do JP para recolocar os anfitriões na frente. O tento, no entanto, foi anulado pelo VAR, que flagrou um toque na mão do atacante. Aos 38, foi a vez de Pikachu ver o seu gol ser invalidado. Depois de arremate cruzado de Crispim, o meia, em posição de impedimento, completou para a rede.

Já aos 45 minutos, o árbitro marcou pênalti para o Fortaleza após a bola bater na mão de Raniel. Na cobrança, Lucas Crispim parou em João Paulo, que caiu no canto certo para espalmar e garantir o empate.

Na próxima rodada, o Santos recebe o Internacional, às 18h15 do domingo. Antes disso, no entanto, o Peixe visita o Libertad, pelo jogo de volta das quartas de final da Sul-Americana. O embate está marcado para quinta-feira, às 21h30.