Ricardo Chuva comenta sua demissão do Paulista: “Me surpreendeu muito” - Esporte Jundiaí Ricardo Chuva comenta sua demissão do Paulista: “Me surpreendeu muito”


O técnico Ricardo Chuva comentou a sua demissão do Paulista que ocorreu na manhã desta sexta-feira. Chuva em um longo texto explicou que ficou surpreso com a demissão e acreditava que teria apoio para continuar o seu trabalho, especialmente visando o jogo contra o Barcelona, em São Paulo, no domingo, às 10h, em São Paulo, pela 3ª rodada da ‘Bezinha’.

“Ontem (quinta-feira) à noite recebi uma mensagem do Presidente que gostaria de falar comigo e com meu auxiliar André Mathias antes do treino, e como ele sempre me apoiou em tudo eu achei que ele iria apoiar mais uma vez para o próximo jogo contra o lanterna da competição. Ao chegar no clube ele comunicou que não era decisão dele nem do gerente Julinho, mas do conselho que era maioria de me mandar embora pelo motivo de um empate e uma derrota no campeonato. Sim, me surpreendeu muito!”, comentou.

Chuva disse que o maior empecilho no seu trabalho no clube foi o lado financeiro que o Paulista atravessa. “Eu não fui para outro clube no início do ano porque havia um projeto sério apresentado pelo presidente, porém o maior empecilho, ou desafio do clube era a realidade financeira, ou seja, tínhamos um dos orçamentos mais baixo da competição para montarmos um time competitivo, e mesmo assim topamos o desafio do projeto, mas sabíamos (comissão e direção) que para obtermos sucesso precisaríamos de tempo no início da competição porque o time é muito bom e venceria com o tempo naturalmente”, declarou.

Chuva lembrou que seis reforços (Xavi, Handerson, Lucas, Vitinho, Nenê e Fabrício) chegaram sem ritmo de jogo e faltando 20 dias para a estreia. “Mas quero salientar que na formação do elenco foi preciso um empenho inesgotável, 24 horas por dia e finais de semana de toda comissão técnica além do presidente Rodrigo e do gerente Julinho para conseguirmos trazer bons jogadores dentro da realidade do clube”, afirmou.

No fim, Chuva fez agradecimentos e que ficará sempre na torcida pelo Paulista. “Por fim, quero agradecer muito a imprensa de Jundiaí que sempre foi leal e solicita com nosso projeto, além disso, deixo muitos amigos em Jundiaí e um grupo de atletas unido que vai brigar pelo acesso. E mesmo de longe sempre torcerei para o Galo dá Japi”, completou.