São ‘Pablo’ vence em Curitiba. Em casa, Palmeiras sofre derrota no último lance - Esporte Jundiaí São ‘Pablo’ vence em Curitiba. Em casa, Palmeiras sofre derrota no último lance

Fora de casa, quem venceu em Curitiba o Athletico-PR foi o São 'Pablo'. Ops, perdão, o São Paulo. O Tricolor do Morumbi venceu o Furacão por 2 a 1, neste sábado, na Arena da Baixada, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O nosso equivoco em chamar o nome do correto do São Paulo ocorre pois os dois gols do time paulista foram marcados pelo atacante Pablo. O camisa 9 do Morumbi se destacou no time paranaense antes de vir jogar em São Paulo. No Allianz Parque, o Palmeiras perdeu do Fortaleza, de virada por 3 a 2. A vitória da equipe cearense foi no último lance em grande jogada de Yago Pikachu e rolou para Igor Torres fazer o gol da vitória.

A vitória na Arena da Baixada tirou o São Paulo provisoriamente da zona de rebaixamento, aparecendo agora em 16º lugar com 15 pontos. Já o Athletico-PR ficou com os mesmos 23 pontos e em sexto lugar.

Com o resultado na capital paulista, o Verdão segue com 32 pontos e pode ser ultrapassado pelo Atlético MG, que está apenas 1 ponto atrás, e encara o Juventude, neste domingo, em Caxias do Sul. Já o Fortaleza, que assumiu o terceiro lugar no Brasileirão com 30 pontos.


O jogo de Curitiba

O São Paulo fez um bom primeiro tempo na Arena da Baixada. Logo aos 12 minutos o torcedor do Tricolor viu Pablo pedalar e ser derrubado por Pedro Henrique dentro da área: pênalti. Pablo, ex-Athletico-PR, foi para a cobrança e não desperdiçou, fazendo o primeiro na capital paranaense.

Em desvantagem, o Athletico-PR foi para cima do time paulista e empatou aos 27, quando Carlos Eduardo lançou David Terans, que não dominou, mas a bola sobrou nos pés de Renato Kayzer, que chutou na saída do goleiro Tiago Volpi.

Só que a resposta do São Paulo foi imediata. Aos 33, Gabriel Sara cruzou rasteiro e encontrou Pablo, que fez seu segundo gol na partida, o 12º em toda temporada.

No segundo tempo, o Athletico-PR voltou bem postado para buscar o empate. O problema foi a falta de pontaria dos seus homens de ataque. A partida caminhava para o final, quando o São Paulo teve o meia Benítez expulso. Com um homem a menos, restou ao time paulista se defender de todas as formas e segurar a importante vitória para deixar a zona de rebaixamento.

Pelo Brasileirão, o Athletico-PR volta a campo no domingo para visitar o Cuiabá, às 18h15, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT). Já o São Paulo jogará no sábado diante do Grêmio, às 21 horas, no Morumbi, em São Paulo.

Porém, antes do duelo com o Grêmio, o São Paulo terá pela frente o Palmeiras, terça-feira, às 21h30, no Morumbi, pelo confronto de ida das quartas de final da Copa Libertadores. O Athletico-PR na quinta-feira enfrenta a LDU, em Quito, pelas quartas de final da Copa Sul-Americana.


O jogo no Allianz

Ainda no começo do primeiro tempo, aos 11 minutos, o Palmeiras abriu o placar com um gol contra. O lateral-direito Myke cruzou a bola na área, o zagueiro Titi tentou cortar e chutou para o fundo da rede.

Sem perder tempo, o Fortaleza empatou a partida pouco depois em um lance de bola parada. Lucas Crispim cruzou na área e Benevenuto subiu mais alto do que Luan para deixar tudo igual no Allianz Parque. Os visitantes seguiram buscando o ataque e viraram o placar com o atacante Robson. Romarinho chutou de longe e o camisa 7 aproveitou o rebote de Weverton para fazer o segundo gol.

Em desvantagem, o Alviverde foi para cima e deixou tudo igual com Willian, aos 33 minutos. O atacante recebeu belo passe de Gustavo Scarpa, ficou na cara do gol e finalizou sem chance para Marcelo Boeck.

Após um início de segundo tempo estudado sem chances de perigo, os dois times tiveram jogadores expulsos – Felipe pelo lado do Fortaleza e Victor Luis pelo Palmeiras. Nos acréscimos, o time cearense fez o terceiro gol e garantiu a vitória. Pikachu foi acionado dentro da área, fez uma bela jogada e rolou para Igor Torres finalizar, sem chances de defesa para Weverton.

Agora, o Palmeiras volta suas atenções para o duelo contra o São Paulo pelas quartas de final da Copa Libertadores, na próxima quarta-feira (11), no Morumbi. No Brasileirão a equipe palmeirense volta a campo no sábado, em Belo Horizonte, quando enfrenta o Atlético Mineiro. Já o Fortaleza terá uma semana de descanso antes da partida contra o Santos no domingo, no Castelão.