Após derrota, Fernando Diniz diz: “O torcedor (do Santos) está certo de estar revoltado” - Esporte Jundiaí Após derrota, Fernando Diniz diz: “O torcedor (do Santos) está certo de estar revoltado”

Fernando Diniz no esporte regional de Jundiaí: Foi campeão da Copa Paulista de 2010 como treinador do Paulista.


O técnico Fernando Diniz admite que o Santos tem oscilado mais do que o esperado durante a sequência de cinco jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o Peixe perdeu por 2 a 1 para o Cuiabá, fora de casa, e viu sua situação na tabela de classificação ficar ainda mais incômoda. Para ele o torcedor do Peixe está certo nas críticas que faz ao time.

“O trabalho neste momento estamos oscilando mais do que devíamos. As críticas são pertinentes, temos que saber aceitar e melhorar o time. A oscilação se constrói por um time que vai se mexendo o tempo todo, que está fazendo uma reconstrução. Oscilação é normal, mas era para termos ganhos muito mais jogos que ganhamos no campeonato. Estamos oscilando mais do que deveria, temos que trabalhar para ter mais estabilidade e voltar a vencer”, disse.

O Santos fecha o primeiro turno do Brasileirão com apenas 22 pontos na tabela, aproximando-se perigosamente da zona de rebaixamento.

“O torcedor está no direito de protestar. Nenhum torcedor está contente, eu não estou contente com a ausência de resultados. Os protestos são normais, esperados, o torcedor está certo de estar revoltado”, acrescentou, em seguida.