‘Bezinha’ do Paulistão tem média superior um gol de falta por rodada. Assista os gols! - Esporte Jundiaí ‘Bezinha’ do Paulistão tem média superior um gol de falta por rodada. Assista os gols!

Galvão Bueno em toda transmissão na TV Globo da seleção brasileira reclama da ausência de batedores de falta e de gols de falta direta no futebol brasileiro. Só que na ‘Bezinha’ do Paulistão desta temporada não tem abstinência. Em todas as cinco rodadas de 2021 pelo menos um gol direto de cobrança de falta. Em duas jornadas foram dois gols em cobranças de falta. E dos mais variados tipos (conforme vídeo no fim da matéria).

Os sete gols de falta nas 74 partidas já disputadas na competição registram média de um tento de falta a cada 0,09 jogos. Foram 172 gols já marcados na ‘Bezinha’, o que representa que a cada 24 gols, um é de cobrança direta de falta.

Como comparação na Série A do Brasileirão foram 10 gols de falta em 183 jogos já disputados – média de um gol de falta a cada 0,05 jogos – ou seja a ‘Bezinha’ tem o dobro de gols de falta a cada partida. Foram 405 gols marcados na divisão de elite, o que representa que apenas a cada 40 ou 41 jogos sai um gol de falta.


Os gols de falta da ‘Bezinha’

Na primeira rodada foram dois gols de falta – Luiz Antônio do Rio Branco contra o São-carlense e Marquinhos no Paulista contra o Flamengo de Guarulhos. Na segunda rodada o atacante Junior fez para o Santacruzense em cobrança de falta contra o Grêmio Prudente. Na rodada seguinte, Birigui cobrou falta com categoria em gol do Mauaense em vitória sobre o Colorado.

Na quarta rodada, Tizeu fez um belo gol de falta para o XV de Jaú, na vitória sobre o Vocem, em Assis. Na última rodada novamente foram dois gols em cobranças de falta: Eduardo para o América de Rio Preto em empate contra o Fernandópolis, fora de casa; e um golaço, estilo Ronaldinho Gaúcho na Copa de 2002, de Justino do Flamengo de Guarulhos, em vitória sobre o Colorado, em Caieiras.

O grupo 4 é o grupo que tem bons batedores de falta. Dos 35 gols que ocorreram na chave, três foram em cobranças de tiro livre direto. O grupo 2 registrou dois gols de falta. O grupo 3, assim como grupo 1, registraram um gol de falta. O grupo 5 é o único que até o momento não teve gols de falta na ‘Bezinha’.