Opção por três volantes tira espaço de Nenê no time titular do Fluminense - Esporte Jundiaí Opção por três volantes tira espaço de Nenê no time titular do Fluminense

  • Nenê no esporte regional de Jundiaí: Nasceu em Jundiaí e foi destaque no time profissional da cidade entre 2000 e 2002, quando chamava Etti Jundiaí, sendo campeão da Série A2 do Paulistão e Série C do Brasileirão, ambos em 2001

Depois de seis jogos sem vencer, o técnico Marcão optou por armar o Fluminense com maior poder de marcação nesta segunda-feira e venceu por 2 a 0 o Bahia. O time teve três volantes e o meia jundiaiense Nenê não teve oportunidade durante a partida, o que foi justificado pelo treinador.

"A gente optou por colocar três volantes pelo Campeonato Brasileiro ter equipes muito niveladas. O importante para nós foi passar desse jogo sem tomar gol, e a gente tem um tripé de volantes e precisávamos de homens que fazem profundidade, como o Lucca e o Arias. Então eu precisava de dois homens que usam tanto o jogo por dentro quanto profundidade, e a gente tem o pivozão que é o Fred", explicou Marcão após o confronto no Maracanã.

Na semana passada, circularam boatos sobre uma possível insatisfação de Nenê com seu status no Fluminense. Além disso, também foi notícia um possível interesse do jogador de 40 anos em retornar ao Vasco, mas nenhuma das partes admitiu isso.

O treinador do Fluminense respondeu sobre a ausência de Nenê contra o Bahia. "Nenê é um cara muito experiente, está sempre à disposição, no jogo passado conseguimos usá-lo. Para esse jogo, a semana do Cazares foi muito boa, por isso trouxemos ele. Nós analisamos muito bem o treinamento durante a semana, essa é a minha base, juntamente com a estratégia do jogo", afirmou.

Nesta quinta-feira, o Fluminense terá mais uma chance de se afastar da zona do rebaixamento. No Maracanã, o Tricolor receberá o Juventude em jogo adiado da 14ª rodada. E Nenê novamente deverá ficar como opção no banco de reservas.